Suspeito da morte da mulher e militar da GNR julgado a partir de amanhã

Um homem de 42 anos, acusado da morte da mulher e de um militar da GNR, começa a ser julgado na quinta-feira, em Montemor-o-Velho, respondendo por cerca de uma dezena de crimes, disse fonte judicial.

Mário Pessoa é acusado de ter matado a mulher, Manuela Costa, 35 anos, a 29 de novembro de 2009, à porta do posto da GNR de Montemor-o-Velho, quando esta se encontrava numa ambulância dos bombeiros locais.

Já depois de detido, no interior das instalações do destacamento territorial, disparou sobre dois militares provocando a morte a David Dias, 42 anos.

O alegado homicida está acusado de uma dezena de crimes, incluindo quatro de homicídio – dois consumados e outros tantos na forma tentada – considerando a acusação que terá tentado matar a filha, na altura com cinco anos, que se encontrava na ambulância junto da mãe, bem como outro militar da GNR, baleado numa anca.

Responde ainda por um crime de violência doméstica e um de detenção de arma proibida, entre outros.

O julgamento de Mário Pessoa tem início marcado para as 13H45 de quinta-feira, no Tribunal Judicial de Montemor-o-Velho.

Fonte da GNR afirmou que a segurança no tribunal vai ser reforçada com meios do Destacamento de Intervenção de Coimbra, não estando, no entanto, previstas medidas especiais – como condicionamentos de trânsito – na envolvente do edifício, que fica junto à Estrada Nacional 111, num dos acessos ao centro da vila.

7 Comments

  1. Quem será que o vai defender? Este não merece defesa!!!!

  2. Sendo ou não assassino tem todo o direito de julgamento, assim como quem o vai defender apenas faz a sua função.

  3. desculpa nuno mas concordava ctg noutra circunstancia. Nao nesta… Eu sou da carapinheira e conhecia todos os envolvidos. O Mário nao tem perdao, a Nela nao merecia; grande mulher ela!!!!!!!!!!!!!!! Até na morte, empurrou a filha para a proteger…….

  4. Não falem do que não sabem!!!
    Foi uma loucura o que ela própria fez, pois ela provocou a sua morte.
    Uma vez que afirmava que não o queria mais, para que continuar atrás dele? A pedir a pessoas para o seguir, os seus passos e com quem andava?Por favor, isto é de levar qualquer homem ou mulher a fazer uma loucura.Não tenho pena dela! Não o provoca-se. Se sempre sofria de violência doméstica como falava ás pessoa nâo consigo perceber o porque de continuar atrás dele. Vi sim muitas vezes ele a chorar por ela, ele apesar de sair com mulheres só a via a ela e ela sabia disso, mas para ela e acho que para muita mulher dava-lhe um certo gozo vê-lo andar atrás dela feito "CÂO".

    • pela forma como falas tb eras das k saia c ele nao?
      ve se pensas, um dia se apanhares um "homem" igual a ele, depois entao vamos ver se continuas com a mesma opiniao. Nunca deves julgar kd nao conheces as 2 versoes da historia.

    • Olha Tina antes de falares pensa um bocadinho…não sejas estúpida ao falares de quem já está debaixo da terra. Deus queira que um dia apanhes um Mário Pessoa que te espete um balásio no meio da testa que é para aprenderes. Sua ignorante!!!!!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*