diario as beiras
Condeixa-a-Nova

Condeixa-a-Nova: “Aposta ganha” na 9ª edição do Vislumbre de um Império

19 de junho às 07h48
0 comentário(s)
Município de Condeixa-a-Nova

“Uma recriação histórica muito positiva com milhares de visitantes, num espaço envolvente, a viajarem até ao passado”. Nuno Moita, presidente de Condeixa-a-Nova, exaltou a realização da 9.ª edição do certame “O Vislumbre de um Império”, que contou com cerca de 10 mil visitantes no passado fim de semana.

“Faço um balanço muito positivo deste evento. Tivemos os espetáculos quase todos cheios e durante o dia e várias pessoas visitaram Conimbriga, ao longo do fim de semana, o que é bastante bom para a promoção e divulgação deste território”, disse o autarca.

Como momentos altos do programa, para além do habitual cortejo “Triumphalis”, Nuno Moita destacou os espetáculos noturnos “Munera Gladiatoria”, “Les Fils de Drako”, que decorreram nas Ruínas de Conimbriga, e o “Impusturitus”, que se realizou no palco Públio Aélio Januário. “Foram grandes recriações, num cenário extraordinário, que retrataram bem aquilo que era a época da romanização”.

Agradecimento especial às associações

Para que tudo fosse concretizável com sucesso, o edil destacou individualmente as associações que participaram no evento, tanto na vertente da alimentação como na recreação.

“Este ano tivemos a presença de seis associações que tiveram o foco na alimentação (Grupo de Reconstituição Histórica de Condeixa, Atadoa, Senhora das Dores, Casal dos Balaus, Bombeiros Voluntários e Associação de Jovens do Zambujal) e duas para a recriação (Pais e Professores da Escola do Sebal e Associação Sempre a Aprender). Agradeço a cada uma delas e que no futuro sejam cada vez mais”, apontou.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do dia 19/06/2024 do DIÁRIO AS BEIRAS

Autoria de:

Afonso Pereira Bastos

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Condeixa-a-Nova