diario as beiras
Coimbra

Coimbra: Empresários assinam “Compromisso Pagamento Pontual”

09 de julho às 08h46
0 comentário(s)
DB/Foto de António Rosado

Só 18,1% das empresas portugueses pagam aos seus fornecedores a tempo e horas, embora também apenas 5,5% se atrasem para além do prazo máximo de 90 dias.

A média de atraso de pagamentos é 23 dias, de acordo com dados de maio deste ano, tratados pela consultora Informa DB e ontem divulgados por Maria João Cardoso, durante a sessão de 2024 no distrito de Coimbra da iniciativa “Pagar a horas, fazer crescer Portugal”.

O encontro de gestores de empresas, mas também de autarcas – como é o caso do presidente da Câmara Municipal de Arganil, que foi a primeira autarquia a aderir ao “Compromisso Pagamento Pontual” – serviu para uma reflexão sobre as consequências para a economia portuguesa do incumprimento dos prazos de pagamento, “um princípio que parece básico na vida das empresas, mas que acaba por se transformar numa séria ameaça à sua sobrevivência”, constata a direção da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE) que promoveu o encontro, realizado na sede da cooperativa farmacêutica Plural.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do dia 09/07/2024 do DIÁRIO AS BEIRAS

Autoria de:

António Rosado

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Coimbra