diario as beiras
Tábua

Aprovado financiamento de 5,7 ME para remodelar Secundária de Tábua

19 de junho às 12h57
0 comentário(s)
DR

A Câmara Municipal de Tábua anunciou hoje que a sua candidatura para a beneficiação e remodelação da Escola Secundária foi aprovada pelo Programa Operacional Centro 2030, representando um investimento de 5,7 milhões de euros (ME).

“Esta candidatura vem possibilitar que seja executado o maior investimento alguma vez concretizado em Tábua na área da educação, respondendo a um antigo anseio dos tabuenses para a requalificação de um equipamento com mais de 40 anos e que já não responde às exigências atuais”, destacou o presidente da Câmara de Tábua, Ricardo Cruz.

De acordo com o autarca, esta aprovação só foi possível porque o Município de Tábua assumiu como prioritário concretizar este investimento, “tendo fundamentado convenientemente junto do anterior Governo esta necessidade”.

“Ao mesmo tempo”, foram desencadeados “todos os procedimentos para garantir a maturidade exigida ao projeto, de modo a reunir as condições de aprovação, envolvendo neste processo os técnicos do Município que se empenharam e demonstraram as competências requeridas à apresentação de um projeto de qualidade”, acrescentou.

Segundo a autarquia de Tábua, as obras a realizar “deverão ter início ainda em 2024” e irão incidir sobre a remodelação dos edifícios existentes, e das suas diversas componentes, nomeadamente ao nível de reforço das estruturas, revestimentos, eficiência energética, ampliação do gimnodesportivo e construção de novos campos de jogos cobertos e descobertos.

Será ainda ampliado o bloco dos serviços administrativos.

“Com esta decisão, que vem ao encontro das pretensões do Município de Tábua e de toda a comunidade escolar, foi reconhecida a necessidade premente em dotar estas instalações das condições adequadas para um ensino de qualidade, em que os profissionais possam exercer condignamente as suas funções e os jovens Tabuenses se possam sentir motivados e incentivados a prosseguir os seus estudos”, referiu ainda esta autarquia.

A assinatura do contrato de financiamento entre a Câmara Municipal de Tábua e o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) está agendada para sexta-feira, na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C), em Coimbra, com a presença do ministro-adjunto e da Coesão Territorial, Manuel Castro Almeida.

Autoria de:

Agência Lusa

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Tábua