U2 avaliam marca da “pegada ecológica” em Coimbra

Posted by

É difícil saber qual é a medida do impacto ambiental que os dois concertos dos U2 vão provocar em Coimbra.

Para já, sabe-se que o volume de CO2 gerado pela deslocação de 100 mil pessoas em veículos motorizados, o movimento contínuo de camiões – que transportam as 190 toneladas de equipamento de palco –, e os custos de energia da produção do espetáculo, serão responsáveis por um considerável aumento da poluição na cidade durante os dias 2 e 3 de outubro.

A própria banda irlandesa tem consciência disso, e terá solicitado aos produtores e à autarquia uma monitorização dos parâmetros ambientais, bem como a resposta a um extenso questionário sobre a “pegada ecológica” deixada para trás.

É neste contexto que o Departamento do Ambiente da autarquia decide avançar com a plantação de 1.200 árvores para compensar a pegada ecológica que vai ficar marcada na cidade pela passagem da banda de Bono Vox.

Mais pormenores na edição impressa de quarta-feira, dia 29.

2 Comments

  1. Vão plantá-las onde? No estádio?

  2. Drago Irlanda says:

    Don't be ridicules, in the ground!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*