1.200 novas árvores plantadas na mata de Vale de Canas

Posted by

Foto António Alves

A Mata Nacional de Vale de Canas passou, desde ontem, a contar com 1.200 novas árvores. A oferta partiu do Departamento de Ambiente da câmara e insere-se na iniciativa de compensação da “pegada ecológica” provocada pela passagem da banda irlandesa U2, em Outubro do ano passado, por Coimbra.

Para o vereador Luís Providência, a autarquia cumpre desta forma o prometido antes dos dois concertos dos U2, os quais trouxeram à cidade mais de 100 mil pessoas e uma logística “impressionante, onde ressaltam os muitos camiões, que antes e depois dos espetáculos, circularam na cidade”. Como tal, e porque as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera foram elevadas, “esta foi uma das formas encontradas para minimizar o impacto”.

O titular da pasta do ambiente no município referiu ainda que “queremos ver compensadas todas as ações que tenham o efeito negativo sobre o ambiente e qualidade de vida do concelho”.

Inicialmente, a autarquia tinha anunciado que apenas 1.000 destas árvores tinham como destino Vale de Canas, mas Luís Providência explicou que a necessidade de realização de um desenho de arquitetura paisagística para a rua Ribeiro Sanches e o atraso na construção do futuro parque radical junto ao Quartel dos Sapadores Bombeiros motivaram esta decisão.

Reflorestação avança

Presente na cerimónia, e agradecido com a oferta, estava Pedro Bravo. O responsável pela manutenção da mata recordou que as árvores servirão para “repor árvores que, no último ano, secaram”. Se o plano de reflorestação de Vale de Canas está em curso, cinco anos depois do grande incêndio que atingiu a zona, Pedro Bravo confirmou que está a decorrer dentro do possível. As maiores dificuldades existem na zona Norte onde o declive do terreno exige que a reflorestação seja feita sem o uso de máquinas. bem diferente a encosta Sul onde já existe uma “matinha” formada.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.