Opinião: Somos um país europeu e não de terceiro mundo

Posted by

Numa vista de olhos mais ou menos rápida pelos jornais nacionais e percebendo as várias opiniões, fica-se a saber que os que vendem a sua força de trabalho em Portugal, oriundos das mais variadas partes do mundo, são miseravelmente explorados.
O dramático é que se sabe que as máfias existem para explorar os cidadãos que por aqui vão chegando.
Eu não acredito que o senhor presidente da Câmara de Odemira não saiba, há muito, as condições miseráveis em que sobrevivem. Esta é a minha convicção, alavancada nas suas próprias afirmações, algumas delas desconexas.
As autarquias deverão estar sempre perto dos cidadãos. Por tal, desconhecia que casas de tipologia T 3, albergavam 20 trabalhadores? Eu não acredito, principalmente por se tratar de um meio muito pequeno.
Na verdade, a exploração de seres humanos, seja de que forma for, é um acto miserável que deveria ser objecto de imediata prisão preventiva.
Gente indefesa, num país desconhecido, como desconhecida a língua, acreditaram que viriam para o paraíso. Só não os informaram, coitados, que Portugal era e é um paraíso para corruptos e ladrões.
Esta gente deverá ser ressarcida pelo que sofreu e pela exploração de que foi vítima!
Portugal, deveria ser um exemplo de cidadania. Era o que se deveria exigir ao País com as fronteiras definidas há mais séculos.
Pode ser que agora, poderá ser, que exista alguma vergonha e que se corrija o mal que foi feito em Odemira, mas também noutros locais do nosso país.
Há males que vêm por bem? Acredito! Mas saber a forma como sofrem estas pessoas, longe da família e dos amigos, sem um Estado forte que os defenda, é mau demais para ser verdade!
Vivemos num país em que existem mais 1 milhão e trezentas mil pessoas que empobreceram apesar de trabalharem e receber o seu salário.
Por isso, e bem, as empresas deverão pagar decentemente aos seus trabalhadores. Porque se uns são explorados, ou outros, os nossos concidadãos, não o serão menos.
É preciso corrigir desigualdades rapidamente, porque todos sofremos e o País “não sai da cepa torta”!
Este sim, é um problema que me causa náuseas e que nos deve preocupar a todos.
Que justiça seja feita a quem prevaricou e que se premeie quem respeitou o seu semelhante.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.