Académica: Vitória sobre o Varzim para começar o ano no topo

FOTO DB-LUÍS CARREGÃ

A Académica jogou na tarde gelada de sábado com o Varzim, na primeira partida dos estudantes no novo ano. O encontro disputou-se após duas derrotas a fechar 2017: com o Cova da Piedade para o campeonato e com o Caldas para a Taça de Portugal, no desempate pelas grandes penalidades.

Para este desafio houve três novidades na equipa titular. Zé Castro recuperou da lesão e voltou ao 11 inicial e surpresa com Harramiz a ocupar a vaga de Marinho e Zé Tiago no lugar do castigado Guima, que depois de ter sido admoestado com o quinto cartão amarelo (no jogo da Cova da Piedade) ficou de fora a cumprir um jogo de castigo.

Começaram melhor os pupilos de Nuno Capucho que entraram mais pressionantes no desafio e criaram oportunidades de algum perigo. Contudo, e após os 10’ iniciais, a Briosa vestiu o fato de gala e fez uma boa exibição no primeiro tempo. E assim que melhorou o jogo, a Académica furou as redes da equipa da Póvoa de Varzim.

Porém, logo aos 7’ Ricardo Soares sofreu uma grande contrariedade. Zé Castro ressentiu-se da lesão que o tinha afastado dos relvados e foi substituído por Tiago Duque, jogador que fez a sua estreia com a camisola da Académica no campeonato.

E foi uma das novidades no 11 que fez as bancadas saltar de alegria. O marcador foi inaugurado por Harramiz aos 13’ depois de uma jogada ao primeiro toque em que a bola chegou a Mike, após passe de Chiquinho, e este, após um belo cruzamento, levou a bola até aos pés de extremo que num remate forte inaugurou o marcador.

Notícia completa na edição impressa 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.