Eu deputado – Democracia Participativa

Posted by

JOAO PORTUGAL

João Portugal

Recentemente têm sido cada vez mais constantes as manifestações em atos públicos por forma a impedir Governantes de fazerem as suas intervenções.

Confesso que compreendo na íntegra os motivos do descontentamento de grande parte da população portuguesa, mas julgo que esta não é a melhor forma de se protestar. Por muito incompetente ou injusto que seja um membro do Governo, há um aspecto em democracia que temos sempre que respeitar, o direito a usar da palavra para dar a sua própria opinião ou justificar as tomadas de decisão.

Bem sei que este Governo está a fazer o contrário do que disse e prometeu nas últimas eleições e também tenho a noção de que cada vez menos se acredita na classe política em geral, no entanto as regras básicas da democracia têm os seus limites.

Julgo que é necessário reforçar a participação democrática e não compreendo qual a razão de em Portugal não se utilizar o instrumento do Referendo, como forma de aproximar os eleitores das grandes decisões do seu país. Os referendos não servem para mostrar cartões amarelos ou vermelhos aos Governos e os partidos não devem temer a sua utilização.

Em alguns países da Europa, esta é a forma de envolver as populações e partilhar as decisões na gestão da coisa pública. Temos que mudar a relação entre eleitos e eleitores e este instrumento será com toda a certeza um bom começo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.