Académica: Novas ideias cada vez mais entranhadas

Arquivo-Pedro Ramos

Depois da tempestade, os tempos parecem ser, agora, de calmia e bonança, na Academia Briosa XXI.

À margem do caos em que a Leslie deixou o “quartel-general” dos estudantes, João Alves voltou ao trabalho com o plantel quase completo. Só o “central” William Soares, o médio Fernando Alexandre e o ponta-de-lança Hugo Almeida estão entregues ao departamento médico.

Depois da folgada vitória, no sábado, frente aos juniores (8-0), João Alves terminou o treino de ontem com uma “peladinha” em campo reduzido, em que repetiu o “onze titular”. À frente de Peçanha, um quarteto defensivo composto por Joel à esquerda, Yuri Matias e Brendon no centro, e Mike na direita.

O meio-campo com Traquina e Jean Felipe, atrás de um “tridente” ofensivo com Júnior, Romário Baldé e Zé Paulo. Djoussé era, naturalmente, o homem mais avançado. O primeiro “onze” de João Alves não deve andar muito longe deste, sendo que, ainda assim, há jogadores a “voltar” aos poucos, como é o caso do médio defensivo Ricardo Dias.

O “Luvas Pretas” tem insistido num futebol ofensivo e praticamente ao primeiro toque, com a equipa a jogar a “alta rotação”.

Pode consultar a notícia completa na edição impressa desta terça-feira, 16 de outubro, do Diário As Beiras 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.