CDS/PP aprova coligações mas negociações com PSD “emperram” em Condeixa e Lousã

Posted by

O Conselho Nacional do CDS-PP aprovou na quarta-feira 37 coligações, 27 das quais lideradas pelos centristas, incluindo Lisboa com MPT e PPM, e dez lideradas pelo PSD, como Coimbra e Braga.

No distrito de Coimbra, como já se sabia, avançam coligações nos seguintes municípios: Coimbra, Góis, Miranda do Corvo e Montemor-o-Velho.

Recorde-se que, a 24 de fevereiro último, os líderes distritais de PSD, Maurício Marques, e do CDS/PP, Luís Lagos, anunciaram publicamente a intenção de trabalharem em conjunto para acordarem coligações no máximo número de concelhos do distrito, se possível, mesmo, em todos os 17.

Na altura, para além dos quatro atrás mencionados, também Condeixa, Figueira da Foz, Penacova e Lousã foram referidos como casos de coligação em preparação.

No entanto, o DIÁRIO AS BEIRAS sabe que há concelhos em que as estruturas concelhias não aceitam coligação. É o caso, por exemplo, da Concelhia do PSD da Figueira da Foz.

Há outros concelhos em que o PSD tarda em fechar as negociações. Como refere uma fonte dos centristas, “até parece que eles [social-democratas] estão apostadas em arrastar as coisas até ao limite, para evitar que nós [CDS/PP] consigamos fazer lista”.

Estão nesta situação, entre outros, os concelhos da Lousã e, sobretudo, de Condeixa. Aqui, até foi a Concelhia do PSD a fazer o primeiro contacto. Nos últimos dias, porém, a aproximação entre os líderes concelhios, Nuno Claro e Nuno Vicente, parece ter sido cortada. E o PSD já só admite a inclusão de centristas desde que numa lista exclusivamente com o símbolo do partido “laranja”.

O CDS/PP avança, com listas próprias, em Cantanhede, Tábua, Penacova e Figueira da Foz. Em Vila Nova de Poiares, embora não concorra à câmara, o partido tem prontas as candidaturas à assembleia municipal e a uma freguesia. Já em Arganil e Soure, as candidaturas centristas estão “mais atrasadas, mas bem encaminhadas”, referiu a fonte citada.

Em Oliveira do Hospital, o partido vai mesmo encabeçar uma coligação, que envolve, para já, também o PPM.

Em Mira, Pampilhosa da Serra e Penela, o CDS/PP não vai apresentar listas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.