Eu deputado – Isabel Jonet

Posted by

Assisti 4ª Feira a uma entrevista dada por Isabel Jonet a um canal de televisão. Confesso que fiquei preso ao seu raciocínio e seja-me permitido subscrever tudo aquilo que afirmou.

No que concerne à família a mesma foi peremptória ao afirmar que havia abandonado a sua profissão há vinte anos para uma maior dedicação aos seus cinco filhos e que se considerava uma mulher de muita sorte por ter condições materiais para o fazer.

Esse é um valor que também partilho com a Mulher da minha vida com quem, aliás, esta semana celebrarei com imensa alegria os nossos 40 anos de casados, sendo que ela foi indiscutivelmente o maior apoio para fazer de mim e das nossas três filhas aquilo que hoje somos. Falou depois da caridade.

Não a caridadezinha ou a politicamente correta, mas sim, da dádiva de Amor que a mesma representa e que nos faz sentir que estamos ao serviço do próximo sem nada esperar receber. Disse que todos temos a necessidade de perceber que o ser rico não está no consumismo, mas muito mais numa paz interior connosco próprios e, em última análise, com o mundo.

Teve oportunidade como Presidente Europeia dos Bancos contra a Fome de visitar a Grécia e referiu que não gostaria de ver em Portugal o que se passa atualmente naquele país. Aí referiu que os mais velhos e acamados estão quase entregues a si próprios porque não têm a ajuda das infindáveis instituições de solidariedade social que nos permitem orgulharmo-nos da nossa assistência na velhice, na qual a igreja católica desempenha um papel fulcral à muitos anos.

Permita-me dizer-lhe, Dra. Isabel Jonet, que a forma como foi injustiçada por grande parte da imprensa nacional, escrita e falada, e alguns comentadores, por mais que custem a ouvir, só lhe devem servir de estímulo. Bem-haja por aquilo que é.

One Comment

  1. cfNomeLongo says:

    Já agora? Ela vive de quê para não trabalhar? Era um bom que pudesse ser clarificado

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.