Certificação da sardinha suspensa para reposição dos stocks

Posted by

Portugal foi o primeiro país a obter a certificação mundial da sardinha enquanto recurso marítimo sustentável, em 2009. Entretanto, porque os stocks estava abaixo dos parâmetros estabelecidos, o certificado foi suspenso até, pelo menos, 30 de março. Este lapso de tempo tem em conta os resultados esperados da paragem voluntária da captura de sardinha entre 15 de janeiro e aquele dia.

Refira-se que a Figueira da Foz, através da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral, aderiu à certificação com distinção. De salientar ainda que a cota nacional daquele pescado situa-se nas nove mil toneladas, 1.260 das quais atribuídas àquela estrutura figueirense. Estes números atestam a capacidade da frota local, por um lado, e a sustentabilidade da atividade piscatória daquele pescado, por outro lado.


Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 7 e 8 de Janeiro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*