Autocaravanistas reivindicam estação de serviço adequada na Figueira da Foz

Posted by

Quem é que não gostava de ter uma “suite” numa praia urbana, com vistas para o rio, para o mar e para a serra? E, já agora, instalada num local privilegiado para ver o fogo de artifício da passagem de ano e sem pagar? Ora, estes privilégios estão ao alcance de quem escolhe o parque das gaivotas para estacionar a sua autocaravana. Durante o fim-de-semana de mudança de ano passaram por ali cerca de 800 viaturas daquela classe.

Os “hotéis” itinerantes não deixaram espaço para o estacionamento de outras viaturas no parque mais utilizado da cidade no verão e em datas festivas. Resultado: milhares de automobilistas que confluíram na Figueira lançaram o caos nas principais artérias da cidade, provocando longas filas para encontrar um lugar de estacionamento próximo do local da festa.

Ernesto Rebelo reside em Estarreja e instala a autocaravana naquela zona há cinco anos. Não apenas em datas festivas, mas durante vários fins-de-semana e nas férias. “Antes das obras de prolongamento do molhe norte ficávamos no terrapleno junto à marina de recreio.

Entretanto, as obras acabaram mas o espaço não foi reaberto”, explica. Fala por ele e pelos “vizinhos”, que acabam por ser “uma família” sobre rodas.

Nenhum dos locais está autorizado para aquele tipo de turismo ambulante. No entanto, as autoridades têm sido tolerantes. “As autocaravanas são viaturas ligeiras. Logo, podemos estacioná-las onde o estacionamento é permitido”, reage aquele autocaravanista. Porém, estacionar e fazer do lugar de estacionamento uma estância de férias não é exatamente a mesma coisa. Por isso, os praticantes daquela modalidade reivindicam infraestruturas adequadas.

13 Comments

  1. Deixem-nos estar mais tempo! Vão ver o que vai acontecer, ainda lhes ficam a dever alguns euros. É uma vergonha, com dois parques de campismo, instalarem-se num parque de estacionamento. As nossas Autoridades, nada fazem. Devem passar por ali e o que fazem, fecham os olhos! O país está para quem não tem vergonha.

    • No jornalismo também é necessário conhecer a lei, … , Decreto-Lei n.o 310/2002
      de 18 de Dezembro, nº 1 alínea d) , refere-se à realização de acampamentos ocasionais, e a palavra acampamento nada tem a ver com uma viatura Automóvel estar estacionada:
      Uma autocaravana está estacionada quando:
      1- O contacto com o solo é efectuado apenas com as rodas.
      2- O espaço envolvente exterior não é utilizado por janelas abertas, cadeiras, mesas, toldos e outros bens do autocaravanista.
      Apenas poderá e deverá existir autuação para quem não cumprir algum destes critérios.
      Este meu acto, é mais merecedor de noticia, pois acabei de prestar uma informação correcta a quem visita este local, e estou farto de ver/houvir pessoas mal informadas, por este tipo de comunicação social.

      • raquel silva says:

        sr, pedrosa muitos parabens pelo seu esclarecimento se toda a gente cumprisse a lei talveso autocaravanista nao fosse visto com maus olhos

    • nao percebo a sua indignação eu não sou autocaravanista mas confesso que gostaria de ser, pena não ter 50 ou 60 mil euros para comprar uma.
      Ter uma casa com rodas e viajar por ai algures sem destino parar aonde lhes apetecer a mim dá-me dor de cotovelo.

    • João Pacheco says:

      Sou autocaravanista há cerca de 2 anos (tenho 33 anos), logo que tive condições para monetárias para adquirir uma autocaravana, desloquei-me à Alemanha de avião e comprei uma autocaravana de 2001 (visitei logo Suécia, Dinamarca, Holanda, Luxamburgo, Norte de França, País Basco, etc….)
      Realmente tenho a dizer-vos que devo de ser um dos autocaravanistas mais novos de Portugal e tenho extremo gosto em viajar de Autocaravana practicamente todos os fins-de-semana, sou Engenheiro Mecânico e trabalho actualmente na Bosch e para mim é um escape excelente do stress da semana de trabalho.
      Faço um desporto nas ondas do mar, que se chama kayaksurf e adoro BTT. A autocaravana é um excelente suporte para as duas modalidades.
      Tenho de reconhecer, D.Gioconda que cada vez vou mais para o interior do país pois a simpatia, acolhimento e convívio das pessoas do interior é muito superior às pessoas que vivem perto do mar…

  2. sim, os autocaravanistas devem ter um parque próprio
    para estacionar, com infraestruturas adequadas
    visto serem umas viaturas de enormes dimensões

  3. Sou figueirense e acho que é bom que todos os amantes do caravanismo venham para a Figueira,mas também é necessário que lhes deem condições, quem tem o direito de dicidir poderia construir um projecto para o parque das gaivotas onde se inserisse um local para estas pessoas com infra-estruturas de acordo com a actividade, até porque estas pessoas para além de estarem cá também gastam e assim ajudam a economia local.

  4. Francisco Silva says:

    Em comentário ao sr Gioconda só lhe posso dizer «louvada seja a santa ignorância»
    Se tem «dor de cotovelo» compre uma.

    • João Macedo says:

      Boa tarde
      Antes de mais os meus parabéns ao Sr Rui, D. Guida, Sr Teixeira, D. Raquel e em especial ao Sr Pedrosa pelo esclarecimento que deu. Só de lamentar que entre estes comentários, surga alguém que nada percebe nem faz a mínima ideia do que é uma autocaravana. Sou autocaravanista e por experiência própria, afirmo aqui que tomaram muitos municipios terem a presença dos autocaravanistas no seu concelho. Parece que não, mas deixam alguns euros no comércio local.
      Os locais por onde tenho passado, sou sempre bem recebido, isto sem falar naqueles que já tiveram a preocupação de arranjar condições de estacionamento.

      • paulo santos says:

        ola boa noite. meu nome é paulo santos e desde já fico feliz que existe alguem neste mundo de amigos que pensa que uma autocaravana é um veiculo ligeiro e estacionado sem janelas abertas nem cadeiras e mesa exteriores nao existe lei que possa proibir o estacionamento….. pelo menos á minha porta ninguem implica porque eu pago o iuc estou legal—— mas atençao, nao façam campismo num estacionamento ,,,, abraços

  5. Boa tarde aos companheiros!

    Sou tb um acérrimo utilizador desse meio de descarga de stress, mas de certa maneira dou razão a senhora que se sente indignada. Passo a explicar, quando alguns desses senhores que fazem, o tal campismo selvagem em qualquer lado, deviam de ser "corridos" do local, quando se constatasse alguma situação que comprometesse os outros companheiros, pelos próprios. Mas o que eu acho tb é a falta de união nestas alturas, em vez de virar as costas e fazer comentários à surdina deveríamos actuar logo para não ouvirmos ou lermos comentários deste tipo.

    Bom ano, Carlos

  6. Paulo Moz Barbosa says:

    Autocaravanismo não é campismo. Pode ser, mas aí tem de ser praticado nos locais para tal destinados: os parques de campismo.
    Para os que prevaricam há uma boa solução: que as autoridades façam cumprir a Lei. Ao turistas itinerantes, é dar-lhes condições para que ajudem a desenvolver o comércio local.

  7. Romualdo Beirão says:

    Amigos e Companheiros… depois de mais de vinte anos a acampar num parque com uma caravana, resolvi mudar para Auto Caravana, devo dizer que enquanto tiver forças não farei outra coisa, um abraço a todos e por favor sejam amigos e ajudem-se uns aos outros.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*