Especialistas avaliam risco de deslizamento de habitações em Pereira

A Proteção Civil e especialistas da Universidade de Coimbra vão avaliar o risco de deslizamento de três blocos habitacionais em Pereira do Campo, Montemor-o-Velho, e a eventual necessidade dos prédios serem evacuados, disse hoje (8) à Lusa fonte da autarquia.  

Na última semana, de acordo com o DIÁRIO AS BEIRAS, foram detetadas fissuras e desníveis em blocos habitacionais e espaços públicos da urbanização Quinta de S. Luiz, alegadamente provocados por um deslizamento de terras no subsolo.  

Dois edifícios de construção recente afastaram-se vários centímetros, sendo também visíveis fendas na estrada e passeios e tendo ainda ocorrido ruturas em infraestruturas de água e gás, adianta.  

Hoje (8), o presidente da autarquia de Montemor-o-Velho, Luís Leal, anunciou que durante as próximas horas será realizada uma vistoria técnica para avaliar as circunstâncias em que ocorreram os deslizamentos e a existência, ou não, de situações de risco para os residentes.  

Os trabalhos resultarão num relatório preliminar, a apresentar à autarquia durante a tarde de hoje, com base no qual será decidida a eventual evacuação dos edifícios, onde habitam 50 pessoas.  

“A nossa principal prioridade é a defesa da vida das pessoas”, declarou aos jornalistas o autarca.  

As vistorias integram elementos da proteção civil municipal e distrital, bombeiros e especialistas do Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção (ITeCons) da Universidade de Coimbra.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*