diario as beiras
Coimbra

Coimbra: Município reitera vontade de receber Direção-Geral da Saúde

09 de julho às 08h16
0 comentário(s)
DR

A saúde foi um dos temas fortes antes do período antes da ordem do dia da reunião da Câmara de Coimbra. O presidente da autarquia, José Manuel Silva, assumiu uma “profunda deceção” por o SNS estar “hoje muito pior do que no tempo da troika”.

O autarca, acompanhado pelos restantes vereadores, manifestou-se contra o fecho da urgência do Hospital dos Covões no período noturno (entre as 20H00 e as 08H00 ), prevista no anunciado plano de contingência para o verão.

José Manuel Silva aproveitou também para apelar a uma desconcentração dos serviços centrais do Governo, para além das duas áreas metropolitanas, na área da saúde. “Reafirmamos a nossa vontade para recebermos em Coimbra a Direção-Geral da Saúde. Aguardamos um novo olhar do Ministério da Saúde para o SNS e para Coimbra”, frisou.

Apoio à APCC, o Regulamento Municipal dos Campos de Férias ou o Programa Municipal de Ação Social Escolar e o Plano Municipal de Transporte Escolar, “dois documentos estruturantes”, assumiu José Manuel Silva, estão dotados de cerca de 10 milhões de euros para o novo ano letivo.

Autoria de:

Emanuel Pereira

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Coimbra