ISEC debateu transição digital na saúde

Posted by

DR/Pedro Ramos

Vários especialistas e diferentes perspetivas da área técnica ou ex-administradores de instituições ligadas à saúde debateram, ontem à tarde, no Auditório Principal do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC), os “Desafios e Oportunidades na Transição Digital na Saúde”.
Esta iniciativa levada a cabo pelos docentes do ISEC, José Torres Farinha e Mateus Mendes, tem como principal objetivo “discutir o tema através de especialistas para sensibilizar o maior número de pessoas possível, atendendo que importa no mais curto espaço de tempo dar coerência aos termos de informação, racionalizar meio, otimizar recursos para uma melhor gestão na saúde”, referiu José Torres Farinha.
No fórum participaram personalidades com larga experiência na área técnica e diferentes visões, para que do cruzamento de todas as competências possa resultar “uma visão mais aprofundada sobre a transição digital na saúde”.
Segundo o professor Mateus Mendes, “a transição já está a acontecer, não só na saúde mas em outras áreas da sociedade. O importante é perceber como é que podemos tirar proveito das oportunidades e vencer os desafios que são colocados”.
Os desafios
são “enormes e variados”
Por um lado, “ao nível dos investimentos que é necessário fazer seja na gestão do ciclo de vida dos dados, na segurança ou que são usados da melhor forma”. Por outro lado, “ao nível dos equipamentos que surgem e na necessidade de saber usar e mante-los da melhor forma”, disse Mateus Mendes.
Segundo o mesmo docente, “nós enquanto escola de engenharia sentimos que temos alguma responsabilidade neste assunto”, e por isso, além deste fórum, o ISEC lançou uma pós-graduação em Sistemas Avançados de Gestão da Saúde que irá decorrer assim que atingir um número mínimo de inscritos. Irá decorrer durante um ano letivo, terá o valor de 60 ECTS e é destinado a todos os profissionais que lidam ou usam dados ou equipamentos na área da saúde.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.