Condenado homem que regou mulher com gasolina em Tábua

FOTO ARQUIVO DB/PEDRO RAMOS

Um homem de 68 anos foi ontem condenado a três anos e meio de prisão com pena suspensa por violência doméstica contra a sua ex-companheira. O crime ocorreu em Tábua, quando o arguido trancou a mulher, e os dois filhos menores, num apartamento e lhe atirou gasolina.
O arguido estava acusado de tentativa de homicídio qualificado, mas o coletivo de juízes absolveu-o desse crime entendendo que não houve intenção de matar, condenando-o por violência doméstica agravada. O tribunal considerou que “se o arguido quisesse realmente matá-la teria sido muito fácil”, ateando-lhe fogo depois de a regar com gasolina, o que não se verificou.
Tudo aconteceu numa altura em que o casal, residente no Luxemburgo há vários anos, veio a Portugal. Em novembro de 2018, a mulher, que já tinha manifestado intenção de se separar do arguido, marcou uma viagem combinando que o companheiro ficaria no Luxemburgo com os filhos de ambos. O homem “desconfiado que ela queria fazer a viagem na companhia de outro homem comprou bilhetes de avião” também para si e para os menores.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.