Rega mulher com gasolina por esta recusar ter relações sexuais

FOTO ARQUIVO DB

O Tribunal de Coimbra começa amanhã a julgar um homem de 67 anos acusado de regar a mulher com gasolina coagindo-a a manter relações sexuais.

O arguido está acusado de um crime de violência doméstica, outro de homicídio qualificado na forma tentada e ainda de sequestro da vítima e dos dois filhos, menores, do casal.
O crime ocorreu em novembro de 2018, em Tábua, onde o casal de emigrantes no Luxemburgo tem residência. O homem saiu de casa pelas 08H30, alegando que ia comprar pão, e deslocou-se a um posto de abastecimento onde comprou cinco litros de combustível. Chegou a casa, onde dormia a mulher e os dois filhos menores (hoje com 10 e 12 anos), trancou a porta, escondeu a chave e deslocou-se para o quarto onde a companheira dormia.

Notícia completa nas edições impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.