Figueira da Foz: Taxa de ocupação hoteleira com tendência para aumentar

Posted by

DB-J.A.

A taxa média de ocupação hoteleira na cidade, neste momento, ronda os 40 por cento, afiançou o vice-presidente da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz (ACIFF), Jorge Simões, ao DIÁRIO AS BEIRAS. As perspetivas para a segunda quinzena do mês, ressalvou o dirigente, é chegar aos 50 por cento, que, tendo em conta a atual conjuntura, são números animadores.
Na primeira quinzena de julho, os espanhóis representam 90 por cento dos clientes estrangeiros, mas a maioria são portugueses. Jorge Simões fez as projeções possíveis para agosto, o melhor mês do ano, adiantando que a ocupação poderá alcançar os 60 por cento. Mas ainda é cedo para avançar números fiáveis, já que este é o primeiro verão afetado pelas restrições da pandemia.
“Não dá para fazer uma previsão rigorosa para agosto, porque as reservas estão a ser feitas em cima da hora, devido à incerteza sobre a evolução da pandemia. Já está a existir procura, que, se não houver nada em contrário, vai crescer”, apontou o vice-presidente da ACIFF para o turismo.

O efeito dos eventos
Além dos efeitos diretos da pandemia, a hotelaria figueirenses sofreu, ainda, o cancelamento de eventos como “RFM Somnii” (Ver texto, nesta página), o torneio internacional de râguebi de praia e a final do campeonato da Europa de futebol de praia. A título de exemplo, a prova de surf recentemente realizada na Figueira da Foz e as miniférias, com dois feriados seguidos, em junho, fizeram disparar a procura para os 80 por cento.
Se a evolução da pandemia for positiva nas próximas semanas, a Figueira da Foz deverá beneficiar dos seus cerca de 30 quilómetros de praias e do maior areal urbano da Europa. A Agência Portuguesa do Ambiente e a Direção Geral de Saúde determinaram uma lotação de mais de 51 mil pessoas para o concelho, respeitando o distanciamento social a que também os banhistas estão obrigados.

QH Praia de Quiaios a 80 por cento
Fora da cidade, o recém–renovado QH Praia de Quiaios (antigo Quiaios Hotel), de quatro estrelas, segundo a direção da unidade hoteleira, regista uma taxa de ocupação de 80 por cento.

Pode ler a notícia na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.