Rui Rio vence eleições internas e forma lista própria para o congresso

O reeleito presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou ontem que no congresso do partido vai apresentar uma “lista própria” ao Conselho Nacional, porque há dois anos a tentativa de “unidade” com o opositor, então Pedro Santana Lopes, “não correu bem”.

“Relativamente ao congresso [o 38.º, marcado para 07, 08 e 09 de fevereiro, em Viana do Castelo], vou ceder a todos os que se zangaram comigo por ter feito unidade com Pedro Santana Lopes, que não correu bem. Desta vez, há uma lista própria e os congressistas vão votar”, disse, em resposta aos jornalistas na sala de um hotel do Porto onde fez o discurso de vitória nas eleições diretas do partido.

Para Rio, o resultado de ontem é “inequivocamente claro” e significa que voltou “a ganhar as eleições para presidente do PSD”, para além de ser, do seu ponto de vista, “suficiente para a unidade” no partido.

“Se queria ter mais [percentagem de votos]? Queria ter, como é lógico. Mas isso não é politicamente relevante. Só faltava, após três meses [de campanha eleitoral para as diretas], ainda ver se falta mais um voto aqui ou acolá”, avisou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.