“Símbolo do meu clube ao peito dá-me força extra para ganhar”

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Catarina Costa, 18 anos, judoca da Académica, 5.ª no ranking mundial de juniores (-44 kg) da Federação Internacional de Judo em 2014, melhor portuguesa. Apresentação curta, mas que deixa perceber que esta jovem é mais do que uma promessa, mas sim um valor seguro da modalidade nacional.

Como em quase tudo, é preciso recuar no tempo para perceber o início de carreira da “caloira” do curso de Medicina da Universidade de Coimbra. Há sete anos, Carolina Costa decidiu praticar um desporto. Pensou primeiro no futebol, mas foi o judo que saiu ao caminho, um caminho que acabaria marcado pelo sucesso – “Quando comecei, não tinha ideia de chegar onde cheguei”, garante.

Versão completa na edição imprensa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.