Jovem de 26 anos morre em brutal colisão entre carro e mota em Tentúgal

Posted by
LUÍS CARREGÃ

LUÍS CARREGÃ

 Um morto e dois feridos graves foi o balanço de uma violenta colisão entre um carro e uma mota registada ontem, cerca das 17H05, na estrada nacional 111, em Tentúgal, (Montemor-o-Velho).

Liliana Moura, de 26 anos, a condutora do automóvel ligeiro, foi a vítima mortal deste acidente. Era casada e deixa dois filhos ainda bebés, residia na Figueira da Foz, e tinha relações familiares com os responsáveis pela Casa Justo, que se localiza a poucos metros do local do fatídico acidente.

A jovem condutora, segundo diziam no local, ia buscar os dois filhos à creche, que não é muito distante do local onde ocorreu a colisão.

Informação completa na edição impressa

49 Comments

  1. Rui Torres says:

    È no que dá a velocidade absurda a que motociclistas vinham, mataram uma inocente.

    • jose machado says:

      pois a inocente tambem acabou por matar esses 2 jovens a fazer uma inversao de marcha

    • jose machado says:

      pois e a verdade e que essa menina que morreu tambem matou 2 pessoas ao fazer inversao de marcha e essa a causa do acidente 3 mortes por uma inversao de marcha .

      • MADALENA says:

        INVERSÃO DE MARCHA FEITA NUM DESCONTINUO,QUE TODOS OS PAIS COM AS SUAS CRIANÇAS NO MESMO INFANTÁRIO TÊM QUE FAZER TODOS OS DIAS 2 VEZES.!!!!!ESTE ACIDENTE PARA SE TER EVITADO OU TER CONSEQUENCIAS MENOS GRAVES, ESTA INVERSÃO DE MARCHA FOI FEITA COMPLETAMENTE LEGAL . QUEM OBSERVOU A TRAVAGEM VIU BEM O LOCAL DE EMBATE,NO MEIO DA VIA E NÃO NO INICIO!!!E TAMBÉM VIRAM O VALOR MARCADO NO CONTAKILOMETROS!!!SE A CONDUTORA ERROU DE ALGUMA FORMA PAGOU O SEU ERRO BEM CARO DEIXANDO 2 CRIANÇAS DE 2ANOS E MEIO E OUTRA DE 8 MESES.SE O CONDUTOR DA MOTA ERROU A NÃO CUMPRIU 50KM/H VELOCIODADE PREMITIDA NAQUELE LOCAL TAMBÉM PAGOU POR ESSE ERRO.
        ESTES COMENTÁRIOS DEVERIAM SER EVITADOS POIS TODOS ANDAMOS NA ESTRADA.
        E OS FAMILIARES TAMBÉM JÁ ESTÃO A PAGAR BEM CARO POR TODOS OS ERROS QUE FORAM COMETIDOS NESSE DIA FATIDICO, QUE SÓ QUEM CÁ NÃO ESTÁ É QUE PODERIA DIZER DE SUA JUSTIÇA.
        OS MEUS SINCEROS E SENTIDOS PÊSAMES A TODA A FAMILIA E AMIGOS DE AMBAS AS PARTES.

        • Ana Magalhães says:

          Madalena, acho importante esta informação que aqui deixou! Que todos os pais têm de fazer esta manobra … então quem é responsável pelo trânsito nessa zona é que deve arranjar alternativas para que não hajam mais crianças a ficarem sem os seus pais! Ao que me parece não a Liliana não tinha alternativa ou havia outros acessos para a cresce?
          Sei que a conhecia e sou muito amiga da mãe dela. Sei que ela era muito feliz com o seu querido marido e filhotes e família muito unida …
          Não conheço os condutores da mota, mas que iam em excesso de velocidade, iam e muito! Mas quem sabe se um dia o meu filho também anda depressa demais … não podemos falar sem pensar que nos pode acontecer o mesmo ….

          • jose carvalho says:

            Existe uma rotunda a 800 mts do acidente !!!!!

          • Ana Magalhães says:

            Se existe uma rotunda, é bem mais segura uma manobra aí. Mesmo assim, já viu bem José Carvalho, é quase a 1 km! É muito! Percebo que os pais com a pressa façam a tal inversão de marcha. Penso que se devia era providenciar outro acesso à creche …

  2. Isabel Maria Santos says:

    Que descanse em paz! Mais uma estrela a brilhar no Céu para dar Luz aos seus bebés.
    A vida, por vezes é muito injusta………….

  3. Respeito na estrada says:

    Inacreditável .

    Continua-se a pôr a pressa à frente da segurança das pessoas.

    Se se cumprisse o código da estrada não acontecia disto.
    podiam acontecer acidentes, mas acidentes mortais ?

    Ganhem juízo crl .
    Quem sofre agora é quem cá fica a chorar pelos que foram.

  4. Carla Costa says:

    os acidentes acontecem umas vezes por nossa culpa condutores outras por culpa de alguem podemos acabar numa cama para o resto da vida e nos priva da nossa liberdade, outras vezes não veremos mais nada nesta vida e tudo acaba naquele momento em que nós ou alguem ía com pressa uma inimiga da estrada e da conduçao
    espero mais do que tudo que os bebes tenham alguem que cuide deles e lhe dê muito amor que vão precisar imenso.

    • Ana Magalhães says:

      Carla, acho que nem sempre andar com velocidade significa ir com pressa! Por vezes é mesmo o gozo da aventura, do perigo! Eu odeio sentir este medo! Mas há pessoas que o adoram e o procuram … e o pior é que não pensam que podem não ser elas as únicas vítimas … Não gosto de criticar quem não conheço! E até porque tenho um filho rapaz a quem eu já disse que nunca lhe compraria uma mota, mas ele pode um dia andar à pendura e meter-se num destes sarilhos! Essa é que é! Se mais gente pensasse que um dos seus filhos se podia meter naquela mota, não criticavam tanto os ocupantes daquela mota!
      Olha, fala bem! Ficármos para o resto da vida numa cama é que é mesmo mau! Até posso ser fria, mas penso que se sofre bem mais do que não ficar viva. Não sei se analiso bem … porque estou a pensar que se calhar os seus filhos a preferiam ter cá numa cama …
      Mas sei que estes meninos têm quem os ama mesmo muito! Vão ter infelizmente falta de amor da sua mãe Liliana, mas vão ter outras "mães" que os vão criar: tias, avós, bisavós! Não lhes falta senhoras de bom coração na família Graças a Deus e têm um pai excepcional! Fora de série! Que amava muito a sua esposa e os seus filhos e que tenho a certeza que irá criar os seus filhos com muito amor! E vai ter ajuda de toda a família, que é muito unida e de vários bons amigos, muito chegados também! A Liliana e o seu esposo, Micael sempre foram muito queridos por muita gente!

  5. A sombra says:

    É lamentável a morte da moça tão nova e com 2 bebés ainda para criar! Mas estarei enganado ou foi ela que fez inversão de marcha num local onde não devia…a notícia oficial…e que aliás tem lógica, se assim não fosse os motociclistas teriam morrido também…não fala em excesso de velocidade, fala numa inversão de marcha irresponsável da vítima mortal, atravessando e ocupando a faixa onde iam os motociclistas…ainda que fossem em excesso de velocidade…a maior violação do código da estrada foi da condutora do automóvel, pagou com a vida e os outros estão em estão grave! Lá porque tristemente morreu não significa que não tenha tido culpa!

    • Maria Silva says:

      Não! Ela não fez inversão de marcha onde não devia! Quem conhece a estrada, sabe que ela passou num descontínuo e com boa visibilidade! Foi sem dúvida excesso de velocidade e falta da margem de segurança também prevista no código da estrada por parte dos motociclistas.

      • ze maria says:

        Resposta certa.
        ela passou num descontino.
        o que aconteceu foi mesmo por excesso de velocidade. e muita azar para os 2 condutores.
        o que tambem prococou o acidente é a falta de visibilidade….
        acho que os senhores da estrada EP de portugal para evitar mais inversoes podem colocar aquela zona mais 100mts de risco continuo ————————————
        _____________________ ————- acidente ————–

    • Em parte tens razão,! e ponto final, ela não pode fazer aquilo.
      mas se a mota / carro / camião focê a 50 km por hora, ainda hj estavam cá todos.

      eu já vou na 3 multa de excesso de velocidade, 2 delas foi na A1 e A17 145km e outra 155km
      e outra na ponte da figueira da foz 73km

      ou seja andar é nas auto-estradas

      na 111km já é uma estrada tipo IC8 ou IP4

    • POIS mas se esses senhores cumprissem o CÓDIGO DA ESTRADA o( EXCESSO de VELOCIDADE) este acidente grave e trágico não teria acontecido . Porque todos nós que andamos na estrada temos ter uma condução DEFENSIVA olhar por nós e pelos outros

      • E se ela tb cumprisse o codigo nada disto acontecia

        • Ana Magalhães says:

          Por aquilo que eu consigo perceber, um dos grandes problemas é que ela não tinha forma de chegar à creche dos filhos sem fazer aquela maldita inversão de marcha! Isso é que, se é verdade, a meu ver está mesmo muito mal! Geralmente perto das escolas, os acessos são seguros, cada vez põem mais passadeiras, semáforos e até umas lombas, por vezes tão altas, que um dia destes até parti o carter do meu automóvel a passar uma com pressa demais (Cá Está! Quem não faz asneiras???).
          Infelizmente não podemos andar para trás no tempo, mas certamente se a Liliana imaginasse que lhe podia acontecer algo que a punha em perigo a ela e a outros, de certeza que tinha seguido por caminhos alternativos! Mas do que tenho lido e conversado com membros da família, o que me parece é que nem sequer há outra forma de acesso à escola! E também dizem que não havia nenhum traço contínuo na estrada. E também ainda não vi referido em lado nenhum a existência de um sinal de proibição de fazer inversão de marcha! Então em que ela não cumpriu o código, Luisa
          E há os culpados por lei e os culpados morais!
          Falar é fácil …
          Eu que estou de profundo luto por ela, fico triste, muito triste que ainda por cima a tentam culpabilizar do seu destino …

          • Iolanda Lopes says:

            Ela estava a 800 metros da rotunda segundo a notícia….não quiz foi ter trabalho a ir a rotunda….

          • Iolanda…ela estava a 800mt da rotuda mas mesmo indo a rotunda não tinha acesso a creche..ela fez a inversão de marcha numa zona permitida e com traço descontinuo..a moto embateu de lado e na facha contrária, ou seja tipo ultrapassagem..não fale de uma zona que não conhece e mto menos de quem não conhece!!!

          • Ana Magalhães says:

            Iolanda, fiquei muito triste a ler o seu comentário! "não quiz foi ter trabalho" ??? A Lili não era nenhuma irresponsável! E 800 metros acha perto? Tem noção que é quase um kilómetro? São quase quatro kilómetros diários! Quem é que não faz uma manobra, que eu perçeba sem traço contínuo nem sinal de proibição dessa manobra? Que infeliz comentário …
            Oxalá a Iolanda quando conduz, se é que conduz, faça tudo perfeitinho … pois eu ando na estrada todos os dias e cometo erros!
            Mas aqui não houve nenhum erro da Lili! O erro quanto muito pode ser de não haver melhores acessos a uma creche e foi obviamente sobretudo a velocidade excessiva dos motards: 195 km !!! Não se quiseram dar ao trabalho de vir devagar? Seria? Não circulavam numa auto-estrada! Com muito respeito que tenho pelas famílias deles pois as suas mães não têm culpa da sua inconsciência e suas restantes famílias e todos que os amavam …

          • esteja calada imagine se fosse sua filha gotava que os outros comentassem dessa maneira?coitada da lili fez bem a manobra eu anhei um susto igual mas não era culpada só não morri porque olhei pelo espelho antes de pensar em virar

        • Liliana Moura says:

          O minha burra que saiba pode-se fazer inversão de marcha num descontinuo…

  6. Muito se pode especular sobre esta matéria mas a verdade, também é que se deve salvaguardar uma distância máxima de 50 metros do veiculo que se encontra à nossa frente, por diversas razões…mas principalmente para nos poderemos desviar de qualquer obstáculo que nos possa surgir.
    E mais não comento, porque também circulo na estrada.

    • Ela estava NA BERMA e fez inversão de marcha sem olhar, o motociclista vinha na estrada Nacional, provavelmente em excesso de velocidade, mas quem nunca ultrapassou os 50km/h numa Nacional, que atire a primeira pedra… Não sei a que velocidade ia a mota, mas bastava ir a 80km/h, que é ilegal mas não é muito, principalmente naquela estrada, para o desfecho ser este….
      Ela teve 80% da culpa, mas o motociclista também já perdeu a vida, penso que só o pendura da mota está ainda em estado grave no hospital.
      Agora é zelar pelos que cá ficaram, principalmente as crianças que perderam a mãe cedo demais….

      • Ana Magalhães says:

        Desculpe, mas como deduz que a Lili fez a manobra sem olhar? Ainda está tudo a ser investigado e a senhora já sabe que ela não olhou? A irmã dela conduzia num automóvel atrás do dela! Talvez tivesse visto mais e não é isso que ela diz!
        A mota ia a 200 km/ hora! Uma perfeita loucura!
        Sem dúvida que as crianças são as principais lesadas! Felizmente têm uma família fantástica para as amar! Tenho também muita pena da mãe dela! Mãe é mãe! E perder um/a filho/a acho que é o pior que pode acontecer a alguém! E ela é muito boa pessoa, mesmo muito boa!

      • alvaro martins says:

        ó marisa vai ao médico ,pois precisas de ajuda , 195km,ouviste195km, a ignorançia de pessoas como tu devia ser punida

    • Ana Magalhães says:

      A 50 metros? Só se fôr numa via rápida! Eu que vivo dentro da cidade de Lisboa, como posso andar a 50 metros do veículo da frente? E mesmo quando guardo mais distância por segurança, de imediato há um que me ultrapassa e mete-se à minha frente … e se não tenho cuidado, ainda lhe bato e sou a culpada pelo código da estrada (que nem sempre é muito justo!)

  7. Certas pessoas não sabem o que dizem…só dizem M**** quando deveriam estar calados.
    1ºApenas a Rapariga de 26 anos faleceu.
    2º As outras 2 pessoas foram internadas no Hospital Universitário de Coimbra em estado Grave.
    3ºPode acontecer a qualquer 1.

    Sejam sensíveis a esta situação…
    As pessoas devem cumprir as regras de transito? sim devem, mas não as cumprem.
    Como já vi noutros lados, perguntaram "E o carro está bem? tem arranjo?" <—-Este tipo de perguntas, revela enorme falta de carácter, nem merecem a vida que têm…

  8. E já que os comentários têm de ser aprovados pelos administradores, como podem permitir este tipo de situações?? Brincar com a vida das pessoas?? Gostam de shows?
    Se são pessoas sérias como julgo que sejam, experimentem pensar um pouco antes de permitir qualquer tipo de comentário estupido

  9. Condutor says:

    Seja como for e apesar de toda a especulação, certamente todos sabem que é uma estrada nacional, logo sabem qual o limite máximo de velocidade. Pior ainda o acidente ocorre perto de uma creche, sabem bem qual a velocidade máxima próximo desses locais, certo?????????????
    Pensei que estivessemos a falar de uma via com 2 a 3 fiaxas de cada lado e a condutora tivesse cruzado as faixas…
    Triste aqueles que numa situação destas ainda se aprontam em arranjar culpados… Vejam a foto e digam-me se foi a 50klm hora… Se foi então processem a marca do carro, porque decerteza era feito de papel 🙁
    Não conheço nenhum dos intervenientes no acidente, mas fiquei CHOCADO ;(
    Descansa em paz e tudo de bom para as crianças….

  10. Quem não sabe do que fala mais valia estar calado. Se antes de falar confirmassem os factos faziam melhor. A vitima mortal passou uma zona de traço continuo duplo para ir a uma zona de traço descontinuo e com visibildade para poder fazer a inversao de marcha… quem passa no local pode ver as travagens da mota fora de mão… o conta km contava 190km/h, e tendo em conta a travagem que la esta, devagar é que não vinham de certeza… a mota bateu do lado da condutora o que indica que ela ja estava no meio da manobra quando eles bateram, logo, so quem for muito burro é que não entende que o acidente se deu por excesso de velocidade dos motociclistas!

    • berta rodrigues says:

      Com velocidade ou nao acho que ja era altura de para fazerem qualquer coisa naquela estrada, porque mesmo na altura de verao, quando a muito mais trafego, continuam as ultrupassagens e a falta de respeito de condutores e como e ovio a velocidade continua como se nada fosse.Como diz o velho ditado, o mal e de quem vai, porque quem fica sempre se governa".O mal e dela que faleceu, e realmente e pena essas duas criancas crescerem sem amor de mae, os meus sinceros pesamos para a familia, e amigos.Com culpa ou sem ela os meus pessames tambem para a familia dos motardes

  11. Ana Magalhães says:

    Eu conhecia bem a Liliana! E ainda melhor a mãe dela! O que sei é que a irmã da Liliana seguia num automóvel atrás do dela e viu todo o acidente e ela não refere nenhum descuido da irmã e seria pessoa honesta possível para o fazer! Se o local da creche obriga a fazer uma inversão de marcha em local perigoso, deviam ser alterados os acessos a essa creche! Porque se a inversão de marcha, como aqui dizem, é incorrecta, mas pelos vistos necessária, que abram os olhos! Pois bastantes mais crianças podem perder os seus pais desta forma! A mota obviamente vinha a uma velocidade mais que excessiva para a zona! Isso é óbvio! Mas tudo está a ser analisado pelas autoridades competentes e claro que as culpas vão ser apuradas!
    Tenho lamentado mesmo muito a morte desta doce rapariga, dos seus filhos tão pequenos, do viúvo que cá fica, que era um marido exemplar, da sua irmã que a adorava, da sua querida mãe de quem tanto sou amiga, de toda a família que é muito unida e de muitos amigos, que estão todos em sofrimento, pois toda a gente a adorava!
    Que ela tenha subido ao Céu e possa estar em PAZ a zelar pelos mais próximos!

  12. É incrível como é tão fácil dizer que por ter feito inversão de sentido de marcha já é culpada…
    Epa acordem para a vida para o carro ter ficado naquele estado e para a lili ter sido projectada pela porta do pendura para tão longe do carro é porque a mota devia vir a 20k/h não aja duvida nenhuma…
    se os motociclistas não se armassem aos cucos e se deixassem andar a respeitar o transito em vez de andarem a fugir as filas passando a altas velocidades entre os carros talvez não só a vida da lili se tivesse salvo como também a de muitas mais pessoas. E pelo que sei os dois ocupantes da moto ainda estão ca para contar a historia ao contrario da lili que a la esta a olhar por nos…
    larguem de defender quem não tem defesa possível. VINHAM EM EXCESSO DE VELOCIDADE PONTO FINAL…….

    • Ana Magalhães says:

      Concordo consigo Liliana! O excesso de velocidade foi aqui o grande problema! Agora querem "tapar o sol com a peneira" … enfim … A mota circulava a 195 Km !!! Uma loucura! Não estava numa auto-estrada! E se a gente reparar na parte onde bateram no carro, percebe-se que a Lili já estava a meio ou mais de meio da manobra! O problema é que eles iam tão depressa, que ela se os viu, já não conseguiu acelerar e fugir! Não sei como há quem tenha a coragem de a culpar … mas o que sei é que as autoridades competentes estão a apurar as culpas e vão ser descobertas … e há culpas legais e culpas morais … Estou bastante incomodada com esta questão de culparem a Lili 🙁 … Quanto aos ocupantes da mota, o condutor já faleceu há uns dias! O pendura não sei, sei que estava gravemente ferido … não sei se se safa …
      A Lili está sem dúvida a olhar por nós e só rezo para que ela olhe pelos seus pequeninos, pelo pai deles, pela mãe e irmã dela e por toda a família! Que possa estar em PAZ no Céu com tanto disparate que dizem dela …

  13. O que eu digo embora conheça bastante bem a falecida e o MEU AMIGO campeão do ex concurso, digo que cada vez mais o período da adolescência e da falta de responsabilidade, ou seja idade da "parvalheira", digo que cada vez vai até mais tarde, parece-me que um motor de carro sobre 2 rodas é suficiente para cada um ter juízo, ou deveria.
    Não desejo nada nem mal, o que digo digo que quem paGa as favas é que não teve culpa alguma
    OS MOTOQUEIROS IRRESPONSAVEIS DEVERIAM IR PARA ALTO MAR ANDAR DE MOTO, esses não fazem falta, AÍ ERA SÓ ACELERAR À VONTADE

    LILI ( ex vocalista da BANDA LARGA" – descansa em paz, cá tentaremos ajudar –

    UM admirador e conhecedor da " banda larga"

  14. Ghostrider says:

    Na estrada existe uma cambada de idiotas. Nos fóruns também.
    Então uma mãe que deixa dos bebés e que faz um manobra legal é responsável pela velocidade que seguia uma mota que lhe causou a morte ?
    Irresponsáveis são aqueles que matam e também aqueles que tentam desresponsabilizar os irresponsáveis.

  15. Se cumprissem os limites de velocidade garantidamente que este tipo de acidentes deixariam de existir!!
    Era queimar um motociclista destes para todos verem!!
    Garanto que em alguns países funciona e aqui não seria exceção!!

  16. Great web site you have got here.. It’s hard to find quality
    writing like yours these days. I seriously appreciate people like you!
    Take care!!

  17. Meu deus, ajudai estas mentes a iluminarem-se porque nestas respostas so vejo trampa escrita.
    "Queimar motociclistas?
    Motociclistas so andam á parva, deviam morrer todos?"
    Eu apresento-me, tenho 19 anos, ando de mota e de carro, mais de carro até. Todos os dias faço 60 a 80 km, de carro e/ou de mota, e todos os dias acontece alguma coisa, e surpresa das surpresas, pessoas de carro a meterem-se á minha frente, sem piscas, a baixas velocidades, em cruzamentos ou entradas de vias rápidas, e eu tenho de travar a fundo para nao bater por trás.
    Se eu fosse de carro a culpa provavelmente seria do que se meteu á parva…
    Mas é claro, se eu fosse de mota, para a maior parte das pessoas que escreveu aqui em cima era ÓBVIO que a culpa era minha em ter batido por trás, mesmo indo de 125cc. Provavelmente eu morreria por ir a 70kmh num sitio onde o limite é 90kmh.
    A pessoa de carro ve-me a vir, entra indevidamente, eu bato por trás e morro, mas a culpa era minha porque IA DE MOTA.
    Posso dar muitos mais exemplos. Um carro passar o vermelho num cruzamento e levar uma mota é frente.
    É ridiculo e lamentável toda a raiva que apresentam pelos motociclistas. Já pensaram que se calhar nem todos andam á parva?
    É uma VERGONHA toda a culpa que metem num motociclista cada vez que há um acidente.

    MAIS VERGONHOSO AINDA É, EM VEZ DE CHORAREM A MORTE DO VOSSO ENTE QUERIDO, VIREM PARA AQUI PROCURAR E ACUSAR CULPADOS SÓ PORQUE ELES NAO ANDAM NO MESMO MEIO DE TRANSPORTE QUE VOCÊS.

    É por pessoas como vocês que muitos acidentes com motas acontecem. Vocês só andam de carro, e como andam de carro, estão protegidos por isso nao querem saber de mais ninguem. Não olham para espelhos, e pior, NAO TEM RESPEITO PELOS MOTOCICLISTAS, como tem pelos outros que andam de carro…

    Sinto vergonha de conduzir um carro e saber que há pessoas que conduzem carros e pensam como vocês: "TODOS OS QUE ANDAM DE MOTA DEVIAM MORRER".
    Faltam-vos filhos que gostem e andem de mota, para voces ganharem o respeito que devem ter

  18. Paz ha sua alma, mas a velocidade exagerada e manobras perigosas causam acidentes graves.
    Ja alguns de voces pensaram em JESUS? Eu sou catolico praticante. Pensem um pouco e tenham Fe.
    Obrigado

  19. Acho de uma extrema falta de respeito, tanto comentariop, tanto comentário…Culpabilizam o condutor da mota…a condutora do ligeiro, mas afinal, alguém que comentou aqui pertence ao grupo de peritagem do acidente??? mmh, Não me parece. é lamentável o que aconteceu com a jovem, também é lamentável o que aconteceu com os motociclistas! Não devemos, nem podemos julgar nenhum dos dois, a partir do que jornais e pessoas que vem se fazer de amigas dizem. JULGAS meus caros é FACILIMO! Além que de todos os acidentes que existem e envolvam motas, as pessoas tendem em culpar sempre os motociclistas. ERRADO!! Os outros condutores também erram, a prova disso é as velocidades que praticam em auto-estrada! Venham para aqui dar os pêsames OK…mas não venham julgar nem a vitima mortal nem o resto!! Que gente, credo!! Só quem passa por estas situações é que percebe o quão medíocre estar a julgar sem saber o que REALMENTE aconteceu é que sabe o que é!!! oBRIGADO! Pêsames a família da Liliana!

  20. Adão Manuel says:

    alteração ao código da estrada – Regra única –

    Circular a 50Km/hora.

    Não é necessária qualquer instrução ou regras.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.