Município da Figueira da Foz cria alternativas à praia e ao sol

Posted by

Foto Jot'Alves

A Figueira da Foz é um sítio onde coexiste uma multiplicidade de formas e de cores, moldadas e pintadas pela natureza, que foi generosa com este concelho.

No verão, os seus cerca de 20 quilómetros de costa estão ocupados por praias procuradas por habitantes de toda a região Centro, sobretudo, e de outras latitudes de Portugal e de Espanha.

Versão completa na edição impressa

3 Comments

  1. Pois é, já foi uma praia que dava gozo permanecer mas, desde há algum tempo que se tornou insuportável lá estar, pois é só areia pelo ar, vento até dizer chega e as pessoas começam a fugir para outros lados,,, Talvez fosse bom pensar um pouco nisto também, pois. certamente. que haverá soluções para minimizar este mau estar.

  2. Vento sempre houve na Figueira, se as pessoas estão a fugir da praia, e estão, não é por causa do vento

  3. mario Bertô says:

    A Figueira não seria Figueira se não tivesse a sua brisa, sempre assim foi. As pessoas estão a irpara outras baNDAS, PORQUE AI SE CRIARAM CONDIÇOES PARA SEREM PROCURADAS. hÁ 50 ANOS A fIGUEIRA ERA A rAINHA DAS PRAIAS DE pORTUGAL, COM O TEMPO PERDEU O REINADO, PORQUÊ?
    Começcaram a destruir a beleza da Praia com a construção do porto de mar naquele local.
    Depois todos os espertos que teem dirigido os destinos do Concelho, sempre viveram a sonhar com a praia e não evoluiram para outros campos.
    A industria era desejada mas nunca foi querida, nunca se deram condiçoes aos empreendedores de se instalarem no Concelho, porque era uma zona de turismo.
    O ideal era pôr a Figueira no mapa, puseram, mas foi com um lápis e passado pouco tempo tudo se apagou, nada foi feito com consistencia. Mas sim de forma balofa e de sineta aos meios de comunicação. Resultado antes do pais estar falido, a Figueira já estava. Coincidencia nas ideias, nas pessoas e na forma de governar, gaste-se que ele não é nosso e alguém vai ter de pagar
    Mario Bertô

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.