Costinha deverá ser alvo de processo disciplinar da FPF

Posted by

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou um processo disciplinar a um treinador de futebol “tendo por fundamento declarações sobre a arbitragem”.

No comunicado datado de 3 de janeiro não é referido o nome do treinador em causa, contudo, e tendo em conta das recentes declarações de Costinha e do líder da APAF, Luciano Gonçalves, tudo indica que treinador dos estudantes será o visado deste processo.

O processo, lê-se no documento divulgado pela FPF, foi enviado “à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, mantendo-se em segredo até à acusação”.

Por se encontrar em segredo de justiça não é possível saber o nome do visado, e o DIÁRIO AS BEIRAS sabe que a Académica não recebeu qualquer notificação neste sentido. Porém, trata-se de processos que por vezes são morosos e o nome do visado, poderá não ser conhecido em breve.

Em causa estão as declarações proferidas antes do desafio com o Sporting B em que falou de “ladroagem” na partida com os “bês” do V. Guimarães, que os estudantes perderam por 2-1.

Entretanto, e ainda sobre esse jogo, e depois de conhecidos os castigos, a direção da Académica está a preparar uma exposição para recorrer das sanções aplicadas.

Além dos jogadores suspensos e das multas aplicadas ao clube, também o vice-presidente Pedro Roxo (que recebeu ordem de expulsão em Guimarães) se encontra suspenso durante um mês.

7 Comments

  1. Zé da Gândara says:

    Olha que pena…

  2. Henrique Costa says:

    A ver vamos se a FPF vai aplicar a mesma bitola para o Espírito Santo do FCP e o Jesus do SCP!!! Nos últimos anos parece que abriu a caça a Coimbra, toda a gente quer molhar a sopa e castigar Coimbra como exemplo para os outros!

    • Zé da Gândara says:

      Você parece ser adepto da teoria da perseguição… Veja é se isso não se torna patológico… É que desculparmo-nos sistematicamente com os erros alheios para justificarmos os nossos insucessos não é assim muito para o saudável (pelo menos eu assim julgo)…

      • Henrique Costa says:

        Oh Zé, tu és um grande exemplo da moda em atacar Coimbra… se bem que no teu caso é mais "tudo o que mexe morre" 😀 apesar da notória inveja aqui ao burgo… dos bons é que se tem inveja…

        • Zé da Gândara says:

          Caro Henrique,

          Quer parecer-me que andarás por estes dias um nadinha mais delirante… Foi alguma recaída?

          Olha, se foi o caso, conforme deverás compreender (e com alguma pena minha porque apesar de tudo, até teria gosto em te poder ajudar a recuperar dessa enfermidade que parece que te apoquentará) vieste bater na porta errada (faltar-me-á os necessários arte e engenho nessa área), ainda que te possa sempre sugerir que procures ajuda especializada nos cuidados de que precisarás…

          Inveja dos melhores? WTF? Para que saibas, eu no que toca a "futebiol" tenho um único peso e uma única medida… Pena que não o tenhas ainda enxergado…

          Quanto a atacar Coimbra… OMG… Coimbra não precisa de ser atacada por ninguém de fora (como é o meu caso) porque se ataca a si própria por dentro (à boa maneira tuga) numa espécie de exercício masoquista retratado pelos Goeses no tempo do anacrónico "Estado Português da Índia", através da parábola do caranguejo no balde que procurava fugir do balde trepando pelo balde acima enquanto um outro caranguejo o puxava para o fundo do balde, frustrando a hipótese de fuga ao colega caranguejo… Coimbra e a zona centro afundam-se confortavelmente na mediocridade quando tinham tudo para poder singrar… Se tu não vês isto e se não é problema de oftalmologia, bem… nesse caso… estamos perante algo mais grave…

          • Henrique Costa says:

            Tenho pena Zé, que no meio de algumas coisas certas que dizes, acabas sempre por não resistir em mandar uns insultos pelo meio e, como sempre, perderes o objectivo no meio de tantas ideias difusas, confusas e mesmo contraditórias. Mas esta crítica sobre os teus floreados e maus fígados não é de agora.
            Mas concordo plenamente contigo, há muitos 2ºs caranguejos em Coimbra, ou não estivesse o Manuel Machado pronto para ganhar mais umas eleições. Ele ganha sistematicamente porque alguém vota nele e porque, a oposição pensa mais no interesse de duas famílias particulares do que no bem da cidade. Mas… IMHO, como pareces gostar de acrónimos anglo-saxónicos, não quer dizer que não haja em Coimbra, como sempre houve, de especial valor, acima da habitual mediocridade deste país.

          • Zé da Gândara says:

            Coimbra (e a zona centro) é uma réplica do Titanic a afundar-se com a orquestra afinada a tocar até ser engolida pelo oceano… Arruinados mas sem perder a compostura de fidalgos…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*