“Portugal está a seguir a estratégia que permite à Irlanda já estar a crescer”

Miguel Relvas

O ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares disse este sábado que Portugal está a seguir “o caminho da Irlanda“, apostando na estratégia que já permite àquele país apresentar os primeiros sinais de crescimento.

“A Irlanda começa a dar os primeiros passos no crescimento. É esse o caminho que nós queremos fazer”, afirmou Miguel Relvas.

O governante disse que Portugal há três meses era visto como a Grécia, mas atualmente já é olhado pela Europa como estando mais próximo da Irlanda.

“Nós estamos hoje próximos da Irlanda, que há dois anos teve uma recessão mais profunda do que nós, seguindo a estratégia que estamos hoje a seguir”, lembrou.

No entanto, para o governante, Portugal “está a começar tarde” este processo, defendendo que devia tê-lo feito no mesmo período da Irlanda.

Discursando em Celorico de Basto onde este sábado inaugurou obras de requalificação urbana, Miguel Relvas insistiu ser “indispensável adotar no país uma política de austeridade e rigor orçamental”.

“Só assim é que nós vamos ter condições de atingir os nossos objetivos, de ter um Estado mais leve e substituído pela capacidade de as empresas poderem gerar riqueza”, considerou.

O ministro lembrou que tem visitado vários municípios, constatando haver “boas condições em termos de infraestruturas”, de vários domínios, para Portugal iniciar um processo de recuperação económica.

Lamentou, no entanto, que muitos jovens, que pertencem à geração mais qualificada de sempre, em cuja formação foram investidos muitos milhões de euros, sejam agora obrigados a emigrar.

É para inverter esta situação que o Governo está a trabalhar, considerou o ministro, frisando que só o crescimento da economia, sobretudo do tecido empresarial, permitirá gerar empregos que aproveitem as capacidades dos jovens portugueses.

19 Comments

  1. joão calvário says:

    Pelos comentários efectuados por este Sr. se vê o quanto ele está longe da realidade, porque na Irlanda a sua economia está a forte, a nossa está de rastos, agora ainda vai ficar pior, como é que este iluminado consegue ver isto? Creio que os Portugueses irão saber dar uma resposta adequada por anos e anos a estes políticos que só defendem os seus, os ricos, não venham prometer que vão aumentar as reformas, porque os seis euros que lhes prometem já lhos estão a retirar, digam a verdade porque estes coitados são os que em troca de um pequeno aumento votam neles, sejam honestos, digam a verdade, eu sou da geração de Abril, não tenho medo dos comunistas tenho mais medo de vós, fascistas piores que os do Estado Novo, conseguis com estas artimanhas da troica fazer uma ditadura de direita até conseguiram tirar os subsídios que nos foram dados pelo Prof. Marcelo Caetano, FASCISTAS…FASCISTAS.. Fora deste país que não mereceis.

  2. São todos uns mentirosos. Outra coisa não poderia dizer, ficaria-lhe mal. Para o próximo ano vamos ver se tem coragem de dizer a mesma coisa. Muita coisa ainda está por anunciar e retirar ao pobre, ao pequeno que se farta de trabalhar para eles. Como diz o Sr. Dr. Marcelo de Sousa: "è mais fácil aumentar impostos do que reduzir/acabar com certas despesas", tais como, os grandes vencimentos da maioria dos políticos….

  3. Joaquim Belo says:

    Este senhor só está alicerçar-se no bom da Irlanda, o que eles fizeram para lá chegar não diz, alias a informação da evolução da Irlanda é pouco ou nada divulgada. Procurem em outros meios informativos neutros, o porquê da sua evolução.

  4. alaestejaconvosco says:

    bla, bla, bla, bla………………………………

  5. alaestejaconvosco says:

    pidescos………………….

  6. alaestejaconvosco says:

    uma vergonha, uma vergonha; vós sois uma vergonha……………

  7. Manuel Ribeiro says:

    Não perbebo como pode haver crescimento quando as previsões dos mais entendidos preve aumento do desemprego com proporçoões nunca vistas é tudo demagogia

  8. sim:portugal sempre sempre foi so e mesmo um bom macaquinho de imitaçao.
    agora o ministro relvas dizer que quer um estado mais leve so se for para rir!mais leve as custas de mais impostos e olhem que o papel ainda pesa?!…

  9. Manuel Araújo says:

    nunca tive confiança neste miguel, aliás como no seu homónimo no governo, o macedo: Irlanda é Irlanda, Portugal é Portugal, e somos mais próximos da Grécia, por mais que os nossos governantes afirmem o contrário.

  10. Manuel Araújo says:

    Nunca gostei deste miguel, aliás como do seu homónimo, o macedo: a Irlanda não é de todo Portugal, nesse aspecto, somos mais próximos da Grécia, por mais que os nossos governantes se esforcem por convencer os mercados do contrário.
    há cerca de um minuto

  11. joão martelo says:

    Eu, como portugues que cumpre as suas obrigações, entendo que não ha duvida que se gastou mais que o que se podia. Mas tambem não quero que fique na ideia de quem vai ler este pequeno comentario, que eu estou completa-mente de acordo com o que se está a fazer! É verdade QUE QUANDO SE GASTA DE FORMA DESCONTROLADA , o resoltado é aquele que alguns de nós sabemos, mas meus queridos amigos ,quem governou o país não foi a classe trabalhadora… Mas sim os Srs. que continuam a viver a grande, com três reformas, e até alguns com quatro. E o que é de bradar aos seus,. é que a esses nada é tirado… Porquê? São mais do que aqueles trabalham? Por o contrario, deviam de ser esses a pagar ,porque foram eles que de uma forma ou outra gastarm o que era nosso, e agora quem tem que pagar é o trabalhador.

  12. Rodrigues Azevedo says:

    SENHORES politicos deste PAÍS (se é que se pode chamar) ou RÉPUBLICA DAS BANAS E DE MENTIROSOS, CORRUPTOS,LADRÕES, MENTIROSOS ETC,ETC,ETC… encerram no PAÍS dezenas de empresas por semana, caem nma desgraça do DESEMPREGO centenas de pessoas, cortam a quem trabalha para comer ou melhor sobreviver. MAS CONTINUAM A FAZER NOMEAÇÕES GOVERNAMENTAIS "MOSTRUOSAS DE GASTOS SUPERFULOS PARA CHULOS). Meus senhores onde vamos parar???? Se a justiça não virar, NADA FEITO!!! nA FINLÂNDIA QUE SERIA EXEMPLO A SEGUIR, justiça onde exgovernantes de qualquer cargo vai para a CADEIA se entrar pela via da CURRUPÇÃO, DA GESTÃO GANOSA, ETC ETC ETC. ( FRIPORT, FACE OCULTA, BPN, ETC ETC ETC E MUITOS MUITOS MKUITOS OUTROS ROUBOS QUE A JUSTIÇA NÃO QUIS SABER. É LAMENTAVEL MAS PRINCIPALMENTE VERGONHOSO. E TODOS OS POLITICOS TEEM CULPA SEM EXCEÇÃO, TODOS…!!!…!!!… E vamos para a RUTURA TOTAL… MISERÁVEIS … É UM PAÍS DE "LADRÕES, CORRUPTOS, MENTIROSOS, ALDRABÕES, INCOMPETENTES ETC ETC ETC)

  13. João Lima says:

    Estão em cima deste governo, mas esquecem-se da máfia do robalo e do filósofo, dois deles de Coimbra que em Aveiro já se estão a rir da forma como se vão safar mais uma vez com brutas indemnizações, como aquela vara bancária que de cada vez que é chutado recebe mais umas centenas de aereos e que foram quem nos meteu nesta situação. Volta António que a malta já tem saudades tuas|

  14. júlia abrantes says:

    O governo mais mentiroso de k há memória. Basta ler o k disse Passos Coelho antes das eleições. Cambada de ladrões, promete não mexer no subsídio de Natal e al chega ao governo rouba aos funcionários e pensionistas o subsídio de Natal e férias. Roubar é bem o termo, pk até é ilegal. Não vou mais falar dos ladrões que assaltam carteiras…ao pé deste governo são uns anjinhos. A revolta k sinto faz-me entender pk se cometem loucuras…a revolta é demais. Nenhum funcionário ou pensionista consegue exibir estes sorrisos…

  15. VIVA A ETA or Euskadi Ta Askatasuna !….
    ESTA E A NOSSA SALVAÇÃO PARA ACABAR COM ESTA CORJA DE POLÍTICOS CORRUPTOS UM 25 DE ABRIL SÓ NÃO CHEGA .
    PORTUGUESES TEMOS DE IR PARA A GUERRA JÁ . ACABAR COM QUEM QUER ACABAR CONNOSCO , O QUE GANHÁMOS COM O 25 DE ABRIL ????? CONQUISTÁ-MOS DIREITOS E HOJE EM NOME DA TROIKA PERDEMO-LOS TODOS !…
    VAMOS FAZER JUSTIÇA PELAS MÃOS DO POVO . QUEREMOS UM PAÍS LIMPO , E FAZER JUSTIÇA AO NOSSO HINO NACIONAL ( REFRÃO ) NOBRE POVO NAÇÃO VALENTE , E IMORTAL .

  16. Se não fosse o dinheiro da troika os reformados já não recebiam e para além dos subsidios iriamos ter salários em falta. Eu não sei se o governo é mentiroso ou se está a fazer o melhor. Sei que as coisas não são fáceis e que todos temos de colaborar. Estamos todos de consciência tranquila? Cada um de nós tem dado o seu máximo?

  17. António Santos says:

    Porque não está calado?!! Pois quando abre a boca só saem asneiras. Não sabe o que diz! O problema da Irlanda é muito diferente, pelo seguinte:
    1.- Tem políticos sérios a governar, Portugal não;
    2.- O problema da Irlanda é com os bancos o nosso é geral;
    3.- A economia da Irlanda recomenda-se e nossa está de rastos.
    O governo anda a falar em poupar, mas os membros do governo e o presidente da república, andam a passear e a esbanjar dinheiro.
    Tenham vergonha!!! Trabalhem e produzam.

  18. Afonso Perdigão says:

    É preciso pachorra…
    Primeiro queriam ser "bons alunos" dos contabilistas miopes da troika,depois" Portugal não é a Grécia"(sendo este país muito mais desenvolvido,multifacetado,funcional e com muito melhores condições de vida para a população em geral do que Portugal).Agora ,estão a seguir "o percurso de caracol" "às apalpadelas" da Irlanda,depois de este país ter tido uma derrocada estrondosa quando era um país exemplar,enfim…

    Já chega de maus "macacos de imitação".É fundamental para o país um Governo com estadistas que olhem para as problemáticas e para a população portuguesas,em vez de andarem umbilicais a olhar para o lado "a ver os comboios passar" sem saberem o que andam a fazer num Estado de Direito que já não existe na realidade.

    É preciso visão consistente e/ou promissora,competência real e não para "inglês ver" e acção consequente aceitável pelo bom senso e pelas necessidades do país.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*