Reflexões

Luís Santarino

AAC/OAF– Inicia hoje uma prova de extrema dificuldade. Nunca faço futurologia. Mas tenho a convicção que poderá ser um ano de muitas alegrias para todos nós; com talento, é certo, mas sobretudo com muito trabalho!

AAC.oaf 1 – Agora, na condição também de eleito, saúdo toda a equipa. Tenho a certeza que sou acompanhado por todos os elementos que foram eleitos na lista do Dr. Maló de Abreu para o Conselho Académico, colocando ênfase, sobretudo e também, na defesa de valores e princípios para a contínua dignificação da nossa Instituição.

O GALO – Quando o tempo deixa e a disposição auxilia passo uns fins de semana em cada de família, no que se costuma designar “por aldeia”! Não poucas vezes, o “Zé Maria” – assim se designa o animal – começa “aos gritos” por volta das 06H30, como a querer dizer; acorda pah, não estás na cidade! Um dia destes tramei-o. Acordei mais cedo – não sei mesmo se já me teria deitado – fui pé ante pé, e gritei-lhe aos ouvidos. O Zé Maria acordou sobressaltado, abriu a boca (bico) de espanto e terá dito; “qué qué isso ó meu”! Ah…não gostas? És biqueiro? É para ver se gostas! A verdade, verdadinha, é que o Zé Maria continua a acordar-me muito cedo. Coisas da natureza. E eu gosto!

BIRRAS – Estamos rodeados – somos mesmo uma ilha – de criancinhas muito mal educadas. Gritam, atiram-se e rebolam-se para e no chão, fazem “trinta por uma linha”! Qual a solução? Dar-lhes um tabefe ou um “atesto de porrada nos Pais”? E que tal as duas?

SUPERMERCADOS – Cuidem-se os cidadãos. Não, não é por causa dos preços. Isso é sempre a subir. Estava na bicha para pagar. Estranhei que uma senhora à minha frente não tinha compras. De repente, aparece um cromo. Com licença, com licença, deixem passar! Para onde? A minha mulher está a guardar o lugar!!! Isso é que era bom. Aqui não há lugares marcados; foi direitinho para o fundo! Para aprender!

AS SENHORAS E OS BÉU BÉUS – É moda transportarem os animaizinhos para as esplanadas dos cafés. Os meninos atrás dos béu béus, os béu béus atrás das criancinhas, as mamãs a rirem como boçais, as criancinhas aos gritos e os outros… sim, os outros, a aturarem a estupidez alheia. Isto não é Povo…é Povão!

ARMAS DO ALFEITE – Desapareceram seis(6) . Que fartura! Será que justifica a atenção que as televisões dão “à volta desta coisa” durante tanto tempo? Uma não notícia que fará bem a quê? E a quem?

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO – Tudo fala e poucos sabem o que é. Muito menos fazem ideia como se deve implementar. Continua a existir uma profunda ignorância. Percebo que dá jeito. Enquanto a ignorância impera, a incompetência não vem ao de cima.

BASQUETEBOL – O Pavilhão Multiusos de Coimbra voltou a receber uma jornada internacional. Muitos apaixonados estiveram presentes. Pena que, de Coimbra, talvez por ser Agosto não tivessem estado presentes mais pessoas. Dia 24 há mais.

One Comment

  1. Como quase sempre, gostei.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*