A crise segundo as Vip Manicure

Posted by

Da televisão para os palcos, Vip Manicure significa, para todos, duas atrizes, que são dois nomes centrais do humor que se faz em Portugal. Ana Bola e Maria Rueff, a vestirem a pele de Denise de Magalhães e Maria Delfina Caroço – as mais famosas escultoras de ‘nails’ do país – estão na próxima quinta-feira, 25 de novembro, às 21H30, no palco do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV). Em Coimbra, a dupla de língua afiada e piada certeira promete fazer contas à crise.

Denise e Maria Delfina que sempre estiveram em crise são, tal como os portugueses, vítimas da situação do país e estão à beira da falência, como muito bem relata a nota de imprensa que promove o espetáculo agora em digressão pelo país.

Elas fazem “nails” por esse país fora – como diz Denise, “nails em tournée” –, e andam também, ainda segundo a especialista, “com o corner aos saltos”.

Como fazer “nails em gel” passou a ser um luxo, Denise resolveu promover o “corner” oferecendo a quem fizer “nails” um pequeno show em que Maria Delfina, com o seu talento para cantar e fazer imitações, se exibe. Denise ensaia-a nas suas imitações que vão de cantores conhecidos a figuras da política, do futebol ou do social nacional e estrangeiro.

Este é um espetáculo divertido e dinâmico que, como está provado, agora com a chegada aos palcos, agrada a todas as faixas etárias, mantendo as características das duas personagens e a relação (que funciona de uma forma admirável) entre elas.

O espetáculo destina-se a um público a partir dos 12 anos. No TAGV, o preçário para “A crise” – Vip Manicure é o seguinte: plateia – 15 euros, balcão – 12,50 euros.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*