diario as beiras
Coimbra

Aplicação com market place e cacifos digitais são algumas das medidas para digitalizar a Baixa de Coimbra

21 de junho às 09h31
0 comentário(s)
Arquivo-Ana Catarina Ferreira

 

Mais de 10 múpis digitais para divulgar informação, cacifos digitais para guardar encomendas feitas, uma aplicação com market place, para fazer encomendas online e, bancos digitais para carregar o telemóvel e o reforço do wi-fi são algumas das medidas que serão futuramente implementadas na Baixa de Coimbra.
O projeto @Baixa Coimbra, desenvolvido pela Câmara Municipal de Coimbra, Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra e pela CoimbraMaisFuturo, e com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência em mais de um milhão e 236 mil euros, foi ontem apresentado no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Coimbra.

Embaixadores, gestor e Casa do Bairro
Além das medidas tecnológicas anunciadas, a Baixa de Coimbra vai ganhar ainda uma casa partilhada, situada no beco das Canivetas. Aí, estará a trabalhar o Gestor do Bairro, que terá como tarefas ser um elo de ligação e fazer toda a gestão do projeto.
O vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Francisco Veiga, revelou que o processo de contratação do gestor está “numa fase adiantada”.
O projeto @Baixa Coimbra conta já, por outro lado, com 20 embaixadores de rua, que serão quem comunica os problemas e sugestões dos comerciantes.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Autoria de:

Redação Diário As Beiras

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Coimbra