Cantanhede: Vacina portuguesa contra a covid-19 aguarda apoios para avançar com ensaios clínicos

FOTO DR

A biotecnológica portuguesa Immunethep estava pronta para avançar com ensaios clínicos da sua vacina contra a covid-19 em setembro, mas a espera por financiamento do Estado tem impossibilitado seguir com o processo.
“Neste momento, tudo aquilo que podíamos fazer de ensaios não clínicos está feito. Já provámos a eficácia da vacina no modelo animal, já provámos a ausência de toxicidade. O próximo passo seria avançar para ensaios clínicos. O que aconteceu com quase todas as vacinas é que houve um forte apoio do Governo. Apesar dos contactos que houve, do interesse e de algumas reuniões, ainda estamos à espera”, disse à Lusa o diretor executivo da Immunethep.
Segundo o responsável da biotecnológica sediada em Cantanhede, caso já houvesse garantias de financiamento por parte do Governo, a empresa poderia estar “a pedir autorização dos ensaios clínicos ao Infarmed para começarem” este mês. Para esta fase de ensaios clínicos são precisos cerca de 20 milhões de euros. Para Bruno Santos, a forma mais fácil e rápida de financiar o processo passaria “pela compra antecipada de vacinas, tal como foi feito nos Estados Unidos e na Alemanha”.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.