Covid-19: Miranda do Corvo iniciou testes de rastreio

Posted by

FOTO DR

O município de Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra, iniciou a realização de testes de rastreio à covid-19 pelas pessoas que trabalham em áreas consideradas essenciais.

Em comunicado, esta autarquia do distrito de Coimbra especifica que os testes de despistagem vão abranger inicialmente os trabalhadores das Estruturas Residenciais para Idosos, Bombeiros Voluntários, militares em funções no Posto da GNR e funcionários da autarquia que asseguram funções essenciais.

O procedimento envolve a colaboração de diversas entidades, nomeadamente a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), Universidade de Coimbra, Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra (CIM-RC) e a Câmara de Miranda do Corvo, que investiu cerca de 26 mil euros na aquisição de mil testes de rastreio.

“Os testes realizados baseiam-se na recolha de uma amostra de sangue do paciente, a qual é processada em laboratório com uma abordagem de avaliação das IgM e IgG, e um teste de doseamento sanguíneo da PCR para análise da Proteína C Reactiva”, refere o comunicado, explicando que os resultados obtidos são interpretados com base num fluxograma criado pela ARSC.

Caso o rastreio seja positivo, é necessário efetuar a confirmação do resultado através da realização de testes de Biologia Molecular (Zaragatoa- RP-PCR) e enviar para o Laboratório da Universidade de Coimbra.

Portugal contabiliza 928 mortos associados à covid-19 em 24.027 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Das pessoas infetadas, 995 estão hospitalizadas, das quais 176 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou 1.329 para 1.357.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.