Especial Férias: Arouca afinal o paraíso existe

Posted by

DR

Arouca, município do distrito de Aveiro que integra a Área Metropolitana do Porto, encontra-se na zona de fronteira entre as regiões Centro e Norte. Não está longe do litoral, mas está suficientemente distante para se fugir dele e mergulhar numa bucólica e onírica paisagem, visitar o património natural e edificado e degustar a gastronomia tradicional e a doçaria conventual.

A Serra da Freita, a partir da qual se avista um vasto território – incluindo o mar – , com boas acessibilidades rodoviárias, é uma viagem para se fazer sem hora marcada para regressar. Lá em cima, ouve-se o silêncio da natureza. Mas foram os passadiços do Paiva, lá em baixo, no rio, que puserem Arouca nas bocas do mundo.

Os passadiços do Paiva, um investimento de dois milhões de euros, recebem 200 mil pessoas por ano e continuam a somar prémios turísticos internacionais. E só não são mais visitados porque o número de visitantes está limitado a 2200 por dia.

Entretanto, a maior ponte suspensa de vidro do mundo (custa 1,8 milhões de euros) deverá ficar concluída até ao final do corrente ano, projetando ainda mais a fama internacional dos passadiços, o ovo de Colombo que a autarquia arouquense incuba na natureza.

 

Ler notícia do Especial Férias completa na edição impressa de hoje, quarta feira, 7 de agosto, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.