Câmara lança concurso para o Viseu Arena

Posted by

DR

A Câmara de Viseu aprovou hoje a abertura do concurso público internacional que permitirá transformar o pavilhão multiusos no Viseu Arena, projeto que se traduzirá num aumento de 83% da lotação da infraestrutura.

O presidente da autarquia, Almeida Henriques (PSD), explicou que o concurso tem um preço base de 6,7 milhões de euros (mais IVA) e um prazo de execução de 300 dias.

“Estou convicto de que no segundo semestre de 2021 poderá haver condições para que o Viseu Arena seja inaugurado”, disse Almeida Henriques aos jornalistas, no final da reunião do executivo.

O autarca referiu que o novo equipamento, que conseguiu “todos os pareceres positivos, incluindo o da Inspeção-Geral das Atividades Culturais”, permitirá que a cidade fique dotada “da maior sala de espetáculos e recinto multiusos do Centro de Portugal”, com uma capacidade superior a 5.500 espetadores e uma arena de 2.500 metros quadrados.

“Os objetivos desta infraestrutura são colocar Viseu no mapa nacional e ibérico da oferta de espetáculos, reforçar a dinâmica local e a descentralização cultural nacional e, ao mesmo tempo, incrementar a atratividade turística de Viseu no Centro-Norte de Portugal e nos respetivos eixos ibéricos”, realçou.

Segundo Almeida Henriques, entre as novidades estão “a incorporação de ecrãs e de uma cortina de luz na fachada do equipamento, que vai permitir um diálogo com a cidade”, a criação de novas zonas de público (uma tribuna suspensa, 14 camarotes e 680 ‘premium seats’) e “a instalação de um restaurante e de um ‘lounge’ panorâmico para a cidade”.

A autarquia tem também a expectativa de que esta infraestrutura estimule “as competências empresariais e técnicas locais” em domínios relacionados com as indústrias criativas, culturais e turísticas, “com um impacto muito positivo no empreendedorismo e no emprego local”.

O Viseu Arena manterá também uma função social, recebendo eventos municipais e outros em que a autarquia é parceira, acrescentou.

A abertura do concurso do Viseu Arena foi aprovada por unanimidade.

“Nós concordamos com a solução de base e programática que está prevista para o Viseu Arena”, justificou aos jornalistas o vereador socialista Pedro Baila Antunes.

No entanto, o vereador frisou que “o custo do Viseu Arena tem vindo sucessivamente a aumentar” e que tem havido um “adiamento sucessivo” do início da obra.

“Hoje estamos no enésimo anúncio do Viseu Arena”, acrescentou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.