Voluntários de Coimbra criam plataforma de financiamento para adquirir novos equipamentos e viaturas

Posted by

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Coimbra assinalou ontem o 130.º aniversário. Na sala “emprestada” da Liga dos Combatentes, já que o novo edifício tarda em estar concluído (ver texto em baixo), a corporação aproveitou para fazer um balanço à situação atual e traçar objetivos para o futuro. A primeira radiografia coube ao recém-empossado comandante, Nélson Antunes.

O bombeiro, que recebeu a medalha de dedicação grau ouro, mostrou-se esperançado em que “as condições mínimas e as dificuldades por que estamos a passar (atualmente), terminem muito em breve”, assim como “dignamente bem equipados, fardados e com veículos que garantam uma operação em segurança”.

“A segurança, a formação e a operacionalidade são o nosso objetivo para o ano em curso”, frisou. Um esforço que começou a ser feito através da aquisição de 80 fardas completas, fruto da verba entregue à corporação pelo Grupo Cultural e Apoio de Differdange.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.