PS preocupado com situação financeira do município de Coimbra

Foto Gonçalo Manuel Martins

O PS de Coimbra mostrou-se, esta quinta-feira (12) preocupado com a situação financeira do município, exigindo que sejam explicados “todos os passivos assumidos” e os que vierem a resultar de outros compromissos da autarquia.

Na sequência de um estudo da responsabilidade do dirigente Pedro Malta, membro do Secretariado da Comissão Política Concelhia, a direção local do PS reclamou a divulgação de “uma análise consolidada do Grupo Municipal” de Coimbra (município, empresas municipais e serviços municipalizados).

“Poderão existir muitos contratos e compromissos assumidos que ainda não têm reflexo nas demonstrações financeiras da autarquia”, disse Pedro Malta à Lusa.

O Secretariado chegou à conclusão que aquela análise deve evidenciar “todos os passivos assumidos e todos aqueles que resultarão de compromissos já assumidos para o futuro pelos vários parceiros municipais”.

“O município de Coimbra encontra-se numa situação financeira que se tem vindo a deteriorar nos últimos dois anos”, lê-se num documento do PS divulgado esta quinta-feira.

Para a Comissão Concelhia, liderada pelo vereador Carlos Cidade, “a análise orçamental ao município permite verificar que a execução da receita em 2010 foi de 58,2 por cento, tendo sido a mais baixa execução dos últimos anos”, com “o maior orçamento dos últimos anos (156.707.242 euros)”.

3 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.