Dois feridos de acidente com autocarro à saida da A1 ainda internados nos HUC

Foto Gonçalo Manuel Martins

Dois feridos do acidente com um autocarro no acesso da A1 para Coimbra continuam em estado grave, “numa situação estabilizada”, nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), disse esta quarta-feira (20) à Lusa uma fonte da unidade de´saúde.

“Os dois feridos mantém-se estáveis, com prognóstico reservado”, adiantou um elemento do gabinete de relações públicas dos HUC. Estas duas pessoas são vítimas do despiste do autocarro que ocorreu no sábado (16) em Taveiro, na saída da A1 de Coimbra Sul, e são os únicos feridos que continuam internados.

Além de um morto, o acidente provocou 32 feridos, maioritariamente hemofílicos, que foram distribuídos por aquele estabelecimento, pelo Hospital Pediátrico e pelo Hospital dos Covões (Centro Hospitalar de Coimbra).

Os seis menores internados no Pediátrico tiveram alta médica até segunda-feira (18), enquanto a última vítima deste acidente internada no Hospital dos Covões deixou esta unidade na terça-feira (19), disse à Lusa fonte deste estabelecimento.

O autocarro envolvido no acidente à saída da A1, em Coimbra, transportava pessoas que iriam participar num encontro de hemofílicos no Luso, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Hemofilia (17 de abril). No local do acidente, estiveram mais de uma centena de operacionais, apoiados por 34 viaturas e dois helicópteros, tendo sido instalado um posto avançado de socorro pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para prestar assistência às vítimas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.