Travessas de betão substituem as de madeira na Linha da Beira Baixa

Posted by

A Infraestruturas de Portugal procedeu à substituição de travessas de madeira por travessas de betão bibloco na Estação da Barca da Amieira, na Linha da Beira Baixa.

Consequência dos incêndios ocorridos no verão passado, nomeadamente na zona envolvente à Estação de Barca da Amieira, registou-se um elevado número de travessas de madeira ardidas, obrigando à implementação de restrições à circulação ferroviária na Linha da Beira Baixa.

Incêndios consumiram muitas das travessas na estação da Amieira

Tendo como objetivo a reposição das condições de circulação, e dando sequência ao plano de migração de travessas de madeira por betão, foi desenvolvida empreitada que contemplou, entre outros, os seguintes trabalhos:

  • Substituição integral das travessas de madeira por travessas de betão bibloco;
  • Transformação de barra curta em barra longa soldada;
  • Beneficiação dos estrados de madeira do atravessamento da Estação de Barca da Amieira e da passagem de nível ao km 40,836;

Esta ação envolveu um investimento de cerca de 370 mil euros, tendo sido reforçadas as condições de segurança, repostas as condições de operacionalidade e retirada a limitação de velocidade existente.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.