Nanopartícula contra cancro da mama desenvolvida em Coimbra patenteada nos Estados Unidos

Posted by

 

Sérgio Simões_João Nuno Moreira_Vera Moura

 

Criada por especialistas do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC), a nova nanopartícula “previne os efeitos secundários associados à quimioterapia” para o cancro da mama e, simultaneamente, “aumenta a eficácia terapêutica” do próprio tratamento, sublinhou à agência Lusa João Nuno Moreira, investigador envolvido no projeto.

Além de “matar as células cancerígenas”, a nanopartícula para o tratamento do cancro da mama distingue-se por também aniquilar “os vasos sanguíneos que alimentam o tumor, evitando reincidências”.

(Ver versão completa na edição de amanhã do DIÁRIO AS BEIRAS)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.