Greve dos guardas prisionais adia julgamento em Coimbra

Posted by

Foto de Gonçalo Manuel Martins

A greve dos guardas prisionais levou ao adiamento da segunda sessão do julgamento do gang acusado de sequestrar e torturar um empresário de Condeixa.

A paralisação que termina esta quarta-feira (9) foi responsável pelo adiamento de dois julgamentos no Tribunal de Coimbra, o mais mediático dos quais é este.

O julgamento foi adiado para 22 de novembro.

Versão completa na edição impressa de 9 de novembro do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

  1. É preciso ter azar… Tinha que acontecer logo no mesmo dia…. Com um pouco de sorte, ainda vão ver a pena reduzida e/ou até não cumprir pena por motivo de falta de provas com tanto adiamento…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*