diario as beiras
Geralopiniao

Opinião: A nova ponte deveria ter duas faixas de rodagem?

27 de dezembro às 12h30
1 comentário(s)

Rota da Costa Atlântica, é o troço da ciclovia europeia que no nosso concelho, para além de uma nova ponte, nos permitirá ter também, por exemplo, uma via clicável através do Cabo Mondego ou a requalificação de vias circundantes da Lagoa da Vela e do Mosteiro de Seiça. Claro, que todos desejaríamos que a nova ponte tivesse mais do que uma via rodoviária, ter mais é melhor do que ter menos. Mas do que aqui se trata é da argúcia de ter na mão um projeto para uma ponte apenas clicável e conseguir transformá-lo numa oportunidade para concretizar um anseio com dezenas de anos de todos os que residem no sul do Concelho. Questões técnicas e ambientais ditaram que este desígnio apenas pudesse ser concretizado com determinadas condicionantes, que limitaram a construção a apenas uma faixa de rodagem. Este é pois, o projeto possível, mas que, ainda assim, não se podia perder. A ponte Edgar Cardoso continuará a ser a travessia principal entre as duas margens do Mondego e porque a nova ponte serve uma parte especifica da população figueirense, acredito que é muito razoável a solução dos semáforos a alternar o sentido da circulação. De qualquer forma, será preferível ter apenas uma faixa ou não ter nenhuma, como até aqui?! Alqueidão e o resto do concelho. Duas margens que finalmente se aproximam, em mais de 20 minutos e vários quilómetros, numa perspetiva de verdadeira coesão territorial!

Autoria de:

1 Comentário

  1. Antnio Menino diz:

    " ter mais é melhor do que ter menos. " Em termos de tráfego, esta frase não se aplica. Chama-se procura induzida. Quantas mais vias, mais se incentiva o uso do carro e por iso, ao aumento de vias não se verifica uma melhor mobilidade. Foi por se pensar assim que há nos EUA estradas entupidas com 22 vias de trânsito. Pela mesma razão que ó em Lisboa, a II Circular tem o mesmo perfil de tráfego e entretanto foram feitas a CREL, a CRIL e o Eixo N/S…

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Geral

opiniao