diario as beiras
EconomiaGeral

Engenharia tem de ser valorizada

15 de março às 10h16
0 comentário(s)

Seis anos depois, Armando Silva Afonso deixa a presidência da Ordem dos Engenheiros na região Centro.

Em entrevista de balanço, destaca a aposta na formação contínua e critica o cenário de desvalorização da engenharia, sobretudo pelos poderes públicos

O que destaca dos seis anos à frente da Ordem?

Houve medidas que me parece terem sido bem conseguidas.

Uma delas foi a criação da formação contínua estratégica, que é tendencialmente gratuita.

O nosso objetivo é estar “em cima” de todas as atualizações, de leis, de regulamentos, etc., para fornecer aos membros da Ordem tudo aquilo que necessitam.

(Ler entrevista completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS em 15/03/2022)

 

Autoria de:

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Economia

Geral