diario as beiras
AveiroGeral

Criada em Aveiro incubadora social de emprego

16 de março às 12h00
0 comentário(s)

A região de Aveiro passou a contar com uma “incubadora social de emprego” para melhorar competências de desempregados e fomentar formas inovadoras de procura de emprego, revelou hoje fonte académica.

A incubadora social de emprego (ISE) foi criada em Aveiro ao abrigo de um protocolo de colaboração assinado entre a Associação para a Formação Profissional e Investigação da Universidade de Aveiro (UNAVE) e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

“Os desempregados de longa duração e os jovens que não trabalham nem estudam são quem mais poderá beneficiar do trabalho da incubadora social de emprego”, refere uma nota de imprensa da UNAVE.

São objetivos da nova estrutura de apoio à inserção no mercado de trabalho “sensibilizar a população desempregada para novas abordagens ao mercado de trabalho através de metodologias colaborativas, de técnicas e ferramentas de procura de emprego inovadoras, flexíveis e proativas e do reforço das condições de empregabilidade, nomeadamente a partir do incremento ou da aquisição de novas competências transversais”.

A incubadora social de emprego de Aveiro insere-se num programa-piloto do Instituto de Emprego e Formação profissional, com a duração de um ano, “que visa testar a aplicabilidade, no nosso país, do formato das ‘lanzaderas de empleo’, posto em prática em Espanha, pela Fundação Maria de la Real”.

Três dias por semana e durante cinco meses, um ou mais grupos de desempregados previamente selecionados reunirão quatro horas por dia, sob a orientação de um mentor, que procurará motivar os participantes para a adoção de técnicas de procura de emprego “proativas” e para o desenvolvimento de aptidões pessoais, “suscetíveis de incrementar as condições de empregabilidade de cada um”.

Autoria de:

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Aveiro

Geral