diario as beiras
CoimbraMontemor-o-Velho

Castelo Mágico de Montemor-o-Velho regressa com concertos ao domingo

24 de novembro às 16h10
1 comentário(s)

FOTO DB/JOT’ALVES

A quarta edição do “Castelo Mágico” de Montemor-o-Velho, um parque com a temática do Natal, regressa de 02 a 30 de dezembro, desta vez com concertos acústicos ao domingo.

“Temos uma grande novidade que é os concertos acústicos, porque achamos que também devemos dar uma oportunidade aos pais de se divertirem no Castelo Mágico”, disse hoje o presidente do município, Emílio Torrão, na apresentação do evento “Castelo Mágico – Uma viagem ao sonho de Natal”.

O evento tem previsto para todos os domingos, às 18:00, concertos com artistas portugueses.

No dia 05 de dezembro um concerto com Mico da Câmara Pereira, dia 12 com Alberto Índio e no último domingo, dia 19, com José Cid.

A edição de 2021 contará com 21 dias propondo às crianças e famílias diversas atividades e diversões, que vão desde uma pista de gelo, contos encenados, insufláveis, passeios com animais, comboio mágico, uma via de slide nas muralhas do castelo ou animação de rua permanente, entre outras iniciativas.

De acordo com o autarca a experiência “nas edições anteriores” indica que têm sido vendidos “bilhetes em todo o país, em todos os distritos”, e, por isso, espera receber 25 mil visitantes.

O programa conta ainda com um ‘hemispherium’, onde vão ser exibidos filmes.

“Alguns dias iremos passar a nossa estrela do momento, que é a astronomia para bebés, que estreou este domingo, com música da Maria João e desenho da Cristina Sampaio”, disse o diretor do Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, Paulo Trincão.

Já na capela do Castelo de Montemor-o-Velho vai estar uma exposição sobre Leonardo da Vinci.

“É uma exposição de máquinas da Universidade de Coimbra (UC), que foram oferecidas pela IBM, em 1968, bastante antiga. Máquinas relativamente pequenas, mas muito perfeitas que circulou pelas principais capitais da Europa nessa altura, e que esteve quase 40 anos parada no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra”, acrescentou.

No evento os visitantes com mais de 10 anos têm de usar máscara, e devem apresentar o certificado de vacinação completa ou um teste negativo à covid-19.

O “Castelo Mágico” volta, na edição de 2021, a ser um EcoEvento, confirmando o compromisso de redução do impacto ambiental e promovendo a gestão adequada dos resíduos.

Os bilhetes estão à venda na Blueticket, nos locais habituais, no comércio local autorizado, e ainda nas bilheteiras físicas do evento, no entanto, o município apela à compra o bilhete ‘online’, de modo a evitar a concentração de pessoas.

O Castelo Mágico de Montemor-o-Velho e o Presépio em Penela (outra vila do distrito de Coimbra) complementam-se e proporcionam uma visitação com descontos nos preços dos bilhetes.

Em parceria também com a Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra, mediante a apresentação de um bilhete do “Penela Presépio”, o ingresso no “Castelo Mágico” passa a custar três euros.

Autoria de:

1 Comentário

  1. Ze da Gandara diz:

    Ena ena 🙂 O nosso bravo alcaide preocupa-se com os papás da pirralhada… Quem diria, hein?

    O nosso bravo alcaide faz a festa, atira os foguetes e ainda vai apanhar as canas 🙂

    Fosse uma preocupação sincera, até lhe tirava o chapéu…

    Para quando a reformulação da toponímia do concelho de modo a que em cada urbanização ou em cada lugar do concelho haja uma rua com o nome do alcaide que é um family spirit booster nas horas vagas?

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Coimbra

Montemor-o-Velho