diario as beiras
CantanhedeGeral

Cantanhede quer aumentar acervo historiográfico do concelho

23 de dezembro às 10h57
0 comentário(s)

A Câmara Municipal de Cantanhede quer reunir recordações históricas da cidade de modo a “prevenir o seu desaparecimento” e, no futuro, criar exposições temáticas ou até mesmo um livro.

“Este projeto pretende resgatar do esquecimento e do irremediavelmente perdido peças que, depois, vão ser fundamentais para depois reconstituir a nossa memória histórica”, disse à agência Lusa o vice-presidente da Câmara, Pedro Cardoso.

O município de Cantanhede criou o projeto “Traçar a Memória do Concelho de Cantanhede” em 2006, com o objetivo de criar um arquivo de documentos, fotografias, filmes ou vídeos que reportem a realidades locais de outras épocas, bem como a recolha de testemunhos orais de munícipes seniores, cujos testemunhos permitam reconstituir de algum modo o passado das comunidades.

Atualmente, a Câmara de Cantanhede (distrito de Coimbra) está a “revitalizar” o processo de recolha, com mais meios e com uma incidência ainda mais forte, para proceder a todo o tratamento técnico e arquivístico.

A autarquia pretende reunir “dinâmicas familiares, sociais, culturais e etnográficas, desenvolvidas nos diferentes contextos do território concelhio”.

“Fomo-nos deparando com pessoas que iam perdendo fotografias, porque não davam valor ou que, por morte, os descendentes acabavam por não valorizar”, explicou Pedro Cardoso.

Aquando da criação do projeto, houve pessoas que não quiseram apresentar elementos “com medo de os perder”, por isso, a autarquia pode devolver às pessoas tudo aquilo que é recolhido.

“Sejam pratos, documentos históricos, fotografias, seja o que for, é tudo digitalizado, devidamente fotografado e catalogado, devolvendo às pessoas esses elementos”, esclareceu.

No âmbito deste projeto, o fluxo de informação levou à publicação de uma obra sobre as três bandas filarmónicas do concelho.

“Íamos usando algumas temáticas para ir fazendo esta recolha”, acrescentou.

No futuro, o município pretende disponibilizar todo o arquivo, quer seja através de exposições temáticas, edição de folhetos ou livros.

Este acervo historiográfico que servirá de base para construção da história contemporânea do concelho de Cantanhede, pode ser utilizado para quem pretenda realizar trabalhos nesse domínio.

Autoria de:

Deixe o seu Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os requisitos obrigatórios estão identificados com (*).


Cantanhede

Geral