Re-food: há oito anos a dar uma segunda vida ao excedente alimentar

Spread the love

DR

Há oito anos, a comida que sobrava de várias instituições de Coimbra começaram a ganhar nova vida.
A Re-food Coimbra surgiu a 9 de dezembro de 2015 e, desde então, a associação sem fins lucrativos definiu os seus três grandes objetivos: combater o desperdício de alimentos, alimentar pessoas que necessitam e unir a comunidade.
Oito anos depois, o DIÁRIO AS BEIRAS falou com três voluntárias da Re-food Coimbra. Marta Graça explicou de que forma é que a instituição trabalha.
“Nós recolhemos comida em 21 estabelecimentos com excedentes alimentares, entre seis hipermercados, duas cantinas e vários restaurantes e pastelarias. Depois deixamos a comida em várias instituições”, frisou a voluntária, esclarecendo que a comida que entregam “serve de complemento às instituições”.

Ler notícia completa na edição impressa e digital de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.