Opinião: Crónica LXXV – A Reverência Japonesa: Um Sinal de Respeito

Posted by
Spread the love

Entre os diversos costumes e práticas que caracterizam a rica cultura japonesa, há um hábito que gostaria de vos destacar, caros leitores, de forma singular: a reverência. Através da curvatura das costas, o povo nipónico expressa uma série de emoções e atitudes, como saudar, despedir, exprimir gratidão e até mesmo arrependimento. Essa postura tem um profundo significado – nunca confundir com submissão ou humilhação – refletindo a importância que aqui se confere ao respeito e à cortesia.

É considerado um gesto essencial na etiqueta local. Desde cedo, as crianças são ensinadas sobre a necessidade de respeitar os outros e demonstrar deferência através dessa inclinação. Mesmo em situações informais, é comum que os japoneses inclinem o seu corpo numa demonstração de respeito mútuo e até de afeto.

Claro que para nós portugueses, o afeto está imediatamente associado ao abraço, ao beijo e ao toque… aprendemos, no entanto, a respeitar os códigos de conduta de cada país e de cada cultura. (Na Argentina onde também tive oportunidade de servir, por exemplo, o beijo era comum entre amigos homens).

Regressando ao Japão, a reverência formal está profundamente enraizada na cultura e é frequentemente associada à imagem deste povo. Essa atitude exemplifica a valorização que os locais atribuem à harmonia nas relações sociais, buscando evitar conflitos e priorizando a cooperação. Além disso, também reflete o forte senso de hierarquia presente nesta sociedade. É comum que os mais jovens se curvem mais profundamente em relação aos mais velhos ou superiores hierárquicos. Isso não significa apenas uma questão de formalidade, mas também de reconhecimento e honra àqueles que possuem mais experiência ou autoridade.

Vale destacar que a posição correta e a profundidade da reverência variam dependendo do contexto e da relação interpessoal. Em situações mais formais, como encontros com figuras importantes (já me aconteceu com Sua Majestade o Imperador) ou eventos solenes, uma inclinação mais profunda é esperada. Já em situações casuais entre amigos, um leve aceno com a cabeça pode ser o suficiente para mostrar respeito e consideração.

Através dessa postura, reafirmam o seu compromisso com a harmonia social e a preservação das relações interpessoais. Além disso, é interessante notar que evoluiu ao longo do tempo, adaptando-se a contextos modernos. Em ambientes de negócios, por exemplo, é frequentemente acompanhada de um cartão de visita chamado “meishi” que é oferecido com ambas as mãos em sinal de respeito.

Em suma, a reverência japonesa é um símbolo poderoso do respeito e da valorização do próximo na cultura nipónica. Através deste gesto, os japoneses expressam a sua humildade, cortesia e consideração, demonstrando uma profunda compreensão dos valores que regem a sua sociedade.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.