“33,5% das pessoas com deficiência vivem de apoios sociais”

Spread the love

“33,5% das pessoas vivem de uma prestação social e mais de metade das pessoas sentem-se discriminadas”, disse a consultora para a Inclusão e Diversidade, Catarina Oliveira, durante o fórum com o tema “Diversidade na Inclusão”, no Octant Hotels Lousã, promovido pela a ARCIL – Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã.

O tema central do Fórum foi a empregabilidade de pessoas com uma condição de deficiência e/ou incapacidade. Um dos pontos centrais em análise reporta-se à mentalidade da sociedade, marcada por forte estigma ainda nas empresas e nas organizações.

| Pode ler a notícia na integra na edição de hoje do Diário as Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.