Pai suspeito de abuso sexual sobre as filhas proibido de contactar vítimas

Posted by

DR

O Tribunal de Leiria decretou apresentações semanais na PSP e a proibição de contacto com as vítimas ao pai suspeito de abuso sexual sobre as filhas e que foi detido pela Polícia Judiciária.

Segundo fonte policial, o homem, de 32 anos, foi presente hoje ao juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório, que decretou ainda a proibição de sair do concelho de Leiria e de se ausentar de território nacional, tendo sido obrigado a entregar o passaporte.

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, anunciou hoje que deteve um homem suspeito do crime de abuso sexual de crianças, situação que terá ocorrido quando ele se encontrava sozinho com as filhas.

Numa nota de imprensa, a PJ informa que deu cumprimento a mandados de detenção emitidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, detendo um homem, de 32 anos, “fortemente indiciado pelo crime de abuso sexual de crianças”.

“Os factos ocorreram no verão de 2022, no domicílio do agressor, progenitor das duas vítimas, aproveitando momentos a sós com aquelas, para cometer os abusos”, acrescenta o comunicado.

A denúncia partiu da mãe das menores, que foi informada do ocorrido por uma amiga de uma das menores, com quem aquela partilhou os acontecimentos.

Fonte da PJ adiantou à Lusa que o casal está separado há vários anos, vivendo a mãe em Lisboa e o pai em Leiria.

Seria nas visitas estabelecidas pelo acordo parental que as meninas, de 11 e 13 anos, seriam vítimas dos abusos do pai, um cidadão estrangeiro residente em Portugal desde 2019, na sua habitação em Leiria.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.