Râguebi: CR São Miguel campeão de Masters em Coimbra

Posted by

Foto de Touch Rugby AAC

O Campeonato Nacional de Masters de Touch Rugby deu uma cor diferente ao Estádio Universitário de Coimbra este domingo. Dez formações estiveram em ação no recinto conimbricense, numa prova que foi destinada a atletas dos escalões M30 e W27.
A formação lisboeta do Touch São Miguel, ligada ao CR São Miguel, ganhou a competição, tendo sucedido à Agrária de Coimbra, campeã nacional de masters em 2022.

Trio do distrito de Coimbra em competição

Académica/Rugby Clube do Centro, Agrária e Lousã Touch/RC Lousã foram os representantes do distrito de Coimbra na prova que contou ainda com mais sete equipas: Benfica, Braga Rugby, Caldas Touch, Dark Horses/Belas, RC Santarém, Técnico Touch e Touch São Miguel.
No grupo A, a Agrária bateu o RC Santarém por 6-0. No segundo jogo, a formação “charrua” empatou, 2-2, diante do Caldas RC, tendo somado novo empate, 1-1, frente ao Técnico. No último jogo da fase de grupos, a turma de Bencanta ganhou, 3-1, ao Lousã Touch/RC lousã, e terminou na 2.ª posição selando a passagem à meia-final da prova.
No mesmo grupo, os lousanenses perderam o primeiro jogo, 3-1, frente ao Técnico, tendo batido na segunda partida o RC Santarém, 3-1. O conjunto da Lousã encerrou a fase de grupos com duas derrotas, diante da Agrária (3-1) e do Caldas RC (6-1)e terminou no 3.º lugar do grupo A, posição que levou os lousanenses à partida de discussão do 5.º e 6.º lugares .
No grupo B, a Académica começou por derrotar a equipa do Dark Horses/Belas RC, 9-0. No segundo duelo, os “pretos” superaram o Braga Touch, 6-1, mas na terceira partida consentiram uma igualdade, 1-1, frente ao Touch São Miguel. A terminar a fase de grupos, a equipa de Coimbra voltou a empatar, 1-1, frente ao Benfica, mas carimbou a passagem às meias-finais no 2.º lugar.

Lugares finais

Nas partidas das meias-finais, o Técnico derrotou a Académica, 4-3, enquanto o São Miguel eliminou a campeã em título, a Agrária, graças a um triunfo por 6-1. Na luta pela melhor classificação possível, o Lousã Touch perdeu, 4-1, frente ao Benfica, e foi relegado para a discussão do 7.º e 8.º lugares frente ao Braga Rugby. Os beirões acabariam por bater os minhotos e terminaram no 7.º lugar.
Na luta pelo lugar mais baixo do pódio, a Académica foi mais forte no dérbi de Coimbra frente à Agrária e com um triunfo tangencial, 2-1, conquistou a 3.ª posição. Na final, o Touch São Miguel não deu hipótese ao Técnico e ergueu o troféu após uma vitória por claros 5-0. Ana Frazão, do Técnico Touch, foi considerada a melhor jogadora (MVP) feminina e Esteban Cabello, do Touch São Miguel, foi distinguido como melhor atleta masculino.
A competição foi organizada pela Académica Touch/Rugby Clube de Coimbra e contou com o apoio da Associação Portuguesa de Touch Rugby. Encerradas as emoções do Nacional de Masters, a próxima competição de touch rugby é o Campeonato Nacional Open All “Prata”, prova que a Académica conquistou em 2022. Este campeonato decorre nas Caldas da Rainha, a 25 de fevereiro, e as duas primeiras classificadas são apurada para o Open All “Ouro”, que se irá realizar na Lousã, a 12 de março, e terá o Rugby Club da Lousã como clube anfitrião.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.