Prabitar é garantia na mediação mobiliária há 41 anos

Posted by

DB/Foto de Miguel Almeida

Com sete lojas, divididas entre Coimbra, Lousã, Figueira da Foz e Aveiro, a Prabitar afirma-se no setor da mediação imobiliária, como um nome de confiança e credibilidade.
A empresa oferece serviços de mediação de compra e venda, arrendamento, gestão de imóveis e intermediários de crédito, registado pelo Banco de Portugal onde pretendem “adaptar-se às necessidades de cada cliente”.
A estrutura societária da Prabitar é a mesma da Matobra.
“Somos uma empresa com futuro. Só com mérito é que uma empresa consegue estar há 41 anos no mercado”, referiu Marta Rio-Torto, gerente da Prabitar. “Sempre tivemos uma grande capacidade de adaptação”, acrescentou.

Aposta no rigor e conhecimento

A responsável pela imobiliária admite ter uma aposta na formação, capacitação, especialização e na experiência dos seus colaboradores. Atualmente, a Prabitar possui cerca de 40 pessoas que recebem formação de uma forma constante.
Ao longo dos últimos anos, a empresa apresentou “o rigor e conhecimento”, como marcas da empresa. Neste sentido, alguns dos seus comerciais são, também, marcas e referências dentro da própria empresa.
Desde o início que a Prabitar foi construída com uma estratégia de futuro e, segundo Marta Rio-Torto, “sempre quisemos dar a cara e criar uma imagem positiva e de confiança”. “Os colaboradores têm um forte sentimento de respeito pela marca e os clientes vêm nela uma garantia”, disse.
A gerente refere ainda que “devido à imprevisibilidade dos tempos, as empresas de imobiliário fornecem vantagens em termos de segurança e valorização dos investimentos”. “Vai continuar a haver falta de produto e muita procura. Os preços vão continuar a subir e, no caso de Coimbra, o mercado vai continuar forte”, contou.
Marta Rio-Torto afirma que “o investimento no imobiliário continua a ter vantagens em termos de segurança, incomparáveis, com outros setores”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.